Sociedade

PSD manifesta "profundo" pesar pelo falecimento de Silva Marques (Actualização)

26 dez 2016 00:00

Antigo deputado faleceu ontem, em Lisboa. Distrital do PSD recorda-o como um “apaixonado pela causa pública”.

psd-manifesta-profundo-pesar-pelo-falecimento-de-silva-marques-actualizacao-5637
Jacinto Silva Duro

A distrital de Leiria do PSD manifesta “profundo pesar” pela morte de Silva Marques, falecido ontem. Em comunicado, a estrutura presidida por Rui Rocha destaca a importância do antigo deputado e ex-autarca na consolidação da social-democracia na região.

Silva Marques “ ficará para sempre com o seu nome associado à região de Leiria, fruto do trabalho que desenvolveu com a sociedade civil no desempenho das funções de governador civil” e também “ao nível político-partidário, na consolidação da social-democracia na região de Leiria, enquanto presidente da Comissão Política Distrital de Leiria”, refere aquele comunicado.

Na nota de imprensa, a distrital do PSD refere ainda que Silva Marques “será para sempre recordado como um homem de princípios e valores que defendia sempre aquilo em que acreditava, sendo um apaixonado pela causa pública e um defensor intransigente dos interesses da região de Leiria “.

Natural de Cruz da Légua, Porto de Mós, José Silva Marques iniciou a sua actividade política ainda antes do 25 de Abril. Foi um lutador anti-fascista, tendo sido quadro do PCP na clandestinidade e exilado político em França. Acabaria, no entanto, por se afastar do PCP antes de 1974. Após a revolução e findo o seu exílio, regressou à Porto de Mós e integrou a Comissão Administrativa da Câmara, a que posteriormente presidiu eleito pelo PSD.

Mais tarde seria governador civil de Leiria e esteve quase 20 anos como deputado na Assembleia da República, onde chegou a liderar o grupo parlamentar do PSD. Foi também presidente da distrital de Leiria do PSD. Nos últimos anos, afastou-se totalmente da vida política.

O corpo de Silva Marques estará em câmara ardente na Basílica da Estrela, em Lisboa, a partir das 18 horas de hoje, dia 26 de Dezembro. O funeral, restrito à família, será amanhã.