Economia

Projecto da Aapi ajuda empresas a tirar partido dos canais digitais

2 ago 2019 00:00

Ecossistema DX apoia internacionalização.

projecto-da-aapi-ajuda-empresas-a-tirar-partido-dos-canais-digitais-10550
Raquel de Sousa Silva

Capacitar as pequenas e médias empresas (PME) para a internacionalização através dos canais digitais, nomeadamente da utilização dos marketplaces/e-commerce, é o principal desígnio do projecto Ecossistema DX, que a Associação Ação para a Internacionalização (Aapi) apresentou esta segunda-feira em Leiria.

“Esta nova era digital tem a capacidade de alavancar os negócios internacionais, aumentar significativamente o alcance em termos de mercados e, acima de tudo, promover a marca Portugal”, aponta a associação em nota à imprensa.

“O projecto visa dotar as empresas de informação útil para a utilização de ferramentas de e-commerce”, disse ao JORNAL DE LEIRIA Nuno Morgado.

À margem da conferência de apresentação do projecto, o presidente da Aapi explicou que o estudo que a associação promoveu concluiu que as empresas portuguesas estão ainda muito longe de usar todo o potencial dos canais digitais. “Não é difícil fazê-lo. É apenas uma questão de mentalidade”.

O dirigente lembra que Portugal é um dos países com maior utilização de internet e de aplicações móveis, mas reconhece que existe ainda “alguma relutância por parte de alguns empresários, nomeadamente de gerações mais velhas, em aderir a este tipo de ferramentas”, que são uma mais-valia para entrar em determinados mercados.

“A democratização do uso da internet está a alterar a forma como os consumidores adquirem bens e serviços, conduzindo a grandes alterações nos  

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO