Sociedade

Presidente da Câmara de Alcobaça preocupado com relação entre casos de Covid-19 e serviços de saúde

31 mar 2020 14:51

Infectado médico do hospital da cidade e também uma idosa de lar em Turquel

presidente-da-camara-de-alcobaca-preocupado-com-relacao-entre-casos-de-covid-19-e-servicos-de-saude
Vários profissionais do Hospital Bernardino Lopes de Oliveira estão em isolamento profiláctico
Ricardo Graça

Um médico contratado que presta serviço na urgência do Hospital de Alcobaça testou positivo para Covid-19, o que aumenta o número de casos no concelho que têm relação com serviços de saúde. De acordo com o presidente do Município, Paulo Inácio, há também um enfermeiro com ligação ao Hospital São Pedro Gonçalves Telmo em Peniche e um homem diagnosticado durante internamento em Caldas da Rainha. O autarca mostra-se preocupado e alerta para o esforço que está a ser exigido aos médicos, enfermeiros e pessoal auxiliar, a quem chama heróis.

O boletim elaborado pelo Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Leiria, válido às 00:05 de 30 de Março, registava 2 casos confirmados de Covid-19 no concelho de Alcobaça. Segundo Paulo Inácio, trata-se de uma mulher emigrante em França que regressou a Portugal e do enfermeiro (actualmente em casa) que esteve a trabalhar no Hospital São Pedro Gonçalves Telmo em Peniche (a urgência básica foi encerrada na sexta-feira à noite – 27 de Março – e a equipa colocada em quarentena). Há ainda o homem hospitalizado em Caldas da Rainha quando recebeu o diagnóstico de infecção pelo novo coronavírus.

Aos casos anteriores, somaram-se ontem mais 2: o médico contratado pelo Hospital Bernardino Lopes de Oliveira em Alcobaça e uma mulher de 86 anos a residir no Lar de Nossa Senhora da Conceição, em Turquel, que está internada no Hospital de Leiria.

Há uma questão que nos deve preocupar. Infelizmente, os nossos heróis, os médicos, enfermeiros e pessoal auxiliar, muitos deles estão positivos. Se calhar, estamos a exigir demais deles”, alerta o presidente da Câmara Municipal de Alcobaça, que recomenda testes sistemáticos aos profissionais da saúde e períodos de descanso mais longos.

No Hospital de Alcobaça, “todos os profissionais que estiveram em contacto com o médico infectado de imediato suspenderam funções” e encontram-se “em isolamento profiláctico”, anunciou o Centro Hospitalar de Leiria (CHL), que está a abordar este dossiê em articulação com a autoridade local de saúde pública.

A task force do CHL para combate à Covid-19 (...) está a avaliar o nível de risco de infecção, de cada um dos profissionais, pelo grau de exposição e contacto com o referido médico, para realização de testes para despiste de Covid-19”, lê-se no comunicado. “Foram também já identificados os doentes que estiveram em contacto com este profissional e da mesma forma será efectuado pela autoridade de saúde local a avaliação do nível de risco, para posterior despiste de Covid-19 e monitorização da sua situação clínica”.

No Lar de Nossa Senhora da Conceição, em Turquel, a ordem é para testar funcionários e utentes, explica Paulo Inácio ao JORNAL DE LEIRIA, acrescentando que existem condições de alojamento fora da instituição para os idosos, por exemplo, em hotéis do Oeste, se for necessário.

À agência Lusa, Luís Santos, sócio do Lar, confirmou que existem “outros utentes e funcionárias com sintomas” e que “há outros utentes internados, com outras patologias”, mas, até agora, nenhum outro caso confirmado de Covid-19.

O Lar de Nossa Senhora da Conceição tem 36 idosos em permanência e 19 trabalhadores.

#SEMFOMENAREGIÃO

Junte-se a uma grande causa

Ao assinar o Jornal de Leiria durante o mês de Maio, está a contribuir com 10€ para o combate à fome na nossa região.

Uma iniciativa com o apoio Makro

Saiba mais aqui.