Sociedade

Pombal cria mais cinco parques para "monstros"

14 jun 2021 17:00

Espaços destinados ao depósito de resíduos domésticos volumosos

pombal-cria-mais-cinco-parques-para-monstros
Espaços previstos para Almagreira, Carriço, Louriçal, Mata Mourisca e Pelariga
CM Pombal

A Câmara de Pombal está a expandir a rede de recolha de “monstros” com a construção de cinco novos parques que serão instalados em Almagreira, Carriço, Louriçal, Mata Mourisca e Pelariga.

O investimento é superior a 130 mil euros.

Os parques de recolha de “monstros” são espaços destinados ao depósito de resíduos domésticos volumosos que, pela sua dimensão, volume, forma ou peso não podem ser recolhidos pelos meios normais de remoção como, por exemplo, móveis, colchões, electrodomésticos, alcatifas e tapetes.

Muitas vezes, a população prefere abandoná-los ilegalmente em terrenos e caminhos de foresta. Mas o concelho de Pombal já tem uma solução.

Além dos novos espaços anunciados, outros cinco, em Abiul, Albergaria dos Doze, Redinha, Santiago de Litém e Vermoil, resultantes de um investimento a rondar os 130 mil euros, estão já a funcionar.

Nos parques, sublinha a autarquia, não serão aceites resíduos provenientes de construções e demolições; pneus e quaisquer outros resíduos provenientes de oficinas; resíduos perigosos (telhas lusalite, tintas, lã de rocha, entre outros); resíduos industriais; cartões, plásticos diversos; lixos domésticos; resíduos verdes (relvas, palmeiras, ramos, etc...), entre outros.

Os espaços estão equipados com um sistema de videovigilância com vista a vigiar o uso, evitando uma utilização abusiva ou irregular.

De acordo com as regras anunciadas no local, é expressamente proibido e punível com coima, depositar qualquer tipo de resíduos fora do contentor, bem como no espaço interior e exterior do recinto.

Assine Já Login

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?
Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.