Login
Esqueci a password

Se esqueceu o seu Username ou a sua Password envie-nos o seu e-mail e receberá os seus dados de acesso por e-mail.

Se não sabe que endereço de e-mail utilizou no seu registo, por favor contacte os nossos serviços através do nosso e-mail assinantes@jornaldeleiria.pt.

Para procurar palavras exactas utilize aspas. Ex: "Castelo de Leiria" "Jornal de Leiria"
Área restrita

A secção que pretende aceder é restrita a assinantes do Jornal de Leiria. Para se tornar assinante vá à área Assinatura.

Se já for assinante da edição impressa, pode registar-se na edição online, sem custos adicionais.

Caso já tenha um registo, efectue login.

Plano florestal considera eucalipto uma espécie “a privilegiar” na Ervedeira
(Foto: Ricardo Graça/Arquivo)

Sociedade

15 Abril 2016

Plano florestal considera eucalipto uma espécie “a privilegiar” na Ervedeira

Lima Litoral

O Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas assegura que a acção de arborização que autorizou para as margens da Lagoa da Ervedeira "reúne os requisitos técnicos e legais aplicáveis".

O Plano Regional de Ordenamento Florestal (PROF) do Centro Litoral considera o Eucalyptus globulus, mais conhecido como eucalipto- comum, como “uma das espécies a privilegiar” em acções de arborização na zona da Lagoa da Ervedeira.

A informação é dada pelo Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), em resposta a um pedido de esclarecimentos feito por elementos do Grupo de Amigos da Lagoa da Ervereira, que se insurgiram contra a autorização concedida por aquele organismo para uma plantação de eucaliptos nas margens deste espelho de água, localizado no Coimbrão, concelho de Leiria.

O ICNF confirma que aprovou a referida arborização, na sequência da apresentação de uma autorização prévia pedida pelo proprietário de um terreno confinante com as margens da lagoa.

O instituto alega que a acção de arborização em causa “reúne os requisitos técnicos e legais aplicáveis” e “foi objecto de parecer favorável condicionado” emitido pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e pela Câmara Municipal de Leiria.

Leia mais na edição impressa ou torne-se assinante para aceder à versão digital integral deste artigo. 

Maria Anabela Silva
Redacção Maria Anabela Silva anabela.silva@jornaldeleiria.pt






Os comentários são da exclusiva responsabilidade do utilizador