Viver

Oficina de actores

29 nov 2018 00:00

Fábrica de Cultura | Leirena Teatro – Companhia de Teatro de Leiria

Fotografia: Ricardo Graça
Fotografia: Ricardo Graça
Fotografia: Ricardo Graça
Fotografia: Ricardo Graça
Fotografia: Ricardo Graça
Fotografia: Ricardo Graça
Fotografia: Ricardo Graça
Fotografia: Ricardo Graça
Fotografia: Ricardo Graça
Fotografia: Ricardo Graça
Fotografia: Ricardo Graça
Fotografia: Ricardo Graça
Fotografia: Ricardo Graça
Fotografia: Ricardo Graça
Fotografia: Ricardo Graça
Fotografia: Ricardo Graça
Fotografia: Ricardo Graça
Fotografia: Ricardo Graça
Fotografia: Ricardo Graça
Fotografia: Ricardo Graça
Fotografia: Ricardo Graça
Fotografia: Ricardo Graça
Jacinto Silva Duro

Um boi rumina, pacificamente, no estábulo e, ao seu lado, um burro dorme. Lá fora, a noite está fria e o vento sopra forte. Um grupo de pastoras, qual coro grego, passa a cantar e as coisas ficam realmente estranhas, quando um trio de novas personagens passa ali perto. Mas tudo se complica, quando uma estrela assenta arraiais mesmo em cima do curral onde bovino e asno residem.

Este é o ponto de partido da peça itinerante O Boi e o Burro de Belém, que a companhia de teatro de Leiria Leirena está a preparar na sua sede, nas antigas galerias Alcrima, em Leiria, para apresentar ao público juvenil em Dezembro.

O texto, com uma duração de 50 minutos, estará em cena de 3 de Dezembro até 6 de Janeiro, sendo fruto da criação colectiva do grupo, composto pelos seis jovens alunos, estagiários do curso profissional Artes do Espectáculo - Interpretação, da Escola de Teatro do Colégio São Teotónio, de Coimbra e pelo encenador Frédéric da Cruz Pires.

"É uma peça muito exigente fisicamente, com muito movimento", refere o director artístico do Leirena, que adianta que este é um espectáculo representativo da Natividade do ponto de vista dos animais do presépio, e destinado a toda a família.

A maior parte das apresentações será feita em escolas e o grupo resolveu oferecer as últimas datas livres à comunidade sénior. Haverá também uma passagem pela Cidade Natal de Leiria O estágio começou em Outubro e terminará em Janeiro. Esta é a quinta vez que a companhia de Leiria acolhe alunos da instituição de ensino de Coimbra.

Até ao início do ano, o encenador e os jovens irão percorrer, na nova carrinha do grupo de teatro, várias salas com O Boi e o Burro de Belém. "Metemos tudo lá dentro, o cenário, que tem uma carroça, luzes, os figurinos e o resto, e lá vamos nós!"

Estrutura profissional
O Leirena é uma companhia profissional de teatro de Leiria que assenta a sua actuação na vertente artística e pedagógica. A estrutura é responsável pela organização de dois festivais de teatro: o Novos Ventos, Teatro Comunitário e o Festival de Teatro de Rua de Porto de Mós, que convida grupos de teatro amador e associações a colaborar através das artes de palco.

Além disso, o grupo anima uma escola de teatro para jovens e adultos e para pessoas com necessidades especiais. "Temos também ofertas artísticas e educativas de Verão e todos os anos estreamos duas ou três produções próprias. Vamos iniciar agora o projecto comunitá

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO
EVENTOS