Viver

O Nariz organiza CriaJazz – Festival Novo Jazz, na Praça Eça de Queiroz

15 jun 2020 15:05

Para celebrar os 15 anos de ligação do Jazz do grupo de Leiria

o-nariz-organiza-criajazz-festival-novo-jazz-na-praca-eca-de-queiroz
Paulo Santo será o primeiro artista a actuar no CriaJazz
DR

Para celebrar 15 anos de ligação ao jazz, O Nariz -Teatro de Grupo organiza, nos meses de Junho a Agosto, o CriaJazz – Festival Novo Jazz, na Praça Eça de Queiroz (Centro Cívico), em Leiria. A entrada é livre, porém, como a lotação é limitada, as reservas de ingresso são obrigatórias pelo email leiriacreativecity@cm-leiria.pt.

Ao todo, o programa deste ciclo de concerto de Verão, ao final da tarde, contará, nesta primeira edição, com quatro projectos do chamado “novo jazz português” que têm ligações à cidade. Sejam músicos naturais de Leiria e da região, ou que ali deram os primeiros passos.

O  patrocínio é da Câmara Municipal de Leiria, com o Apoio da Fundação Caixa de Crédito Agrícola de Leiria.

“Muitos foram os projectos, grupos e músicos emergentes e  conceituados de Jazz que passaram pelo nosso palco.  Um trabalho de divulgação e fruição  que vamos continuar a fazer regularmente e que agora passa a ter o seu ponto alto neste festival”, refere o grupo em nota.

Paulo Santo, o primeiro a actuar, no dia 21 de Junho, nasceu a 1985, em Leiria.  Aos 12 anos, começa a tocar bateria.

Em 2000, inscreve-se no Conservatório de Leiria em percussão. Durante os próximos cinco anos, vem a frequentar uma classe de improvisação.

Mais tarde, após um atelier de Jazz com Carlos Barreto, e um curso  do Hot Club Portugal, em protocolo com Conservatório de Leiria, decidiu  dedicar-se exclusivamente ao vibrafone.

Desde então, já teve  oportunida de aprender com músicos como Afonso Pais, André Fernandes, Bruno Santos, Demian Cabaud, Filipe Melo, Jeffery Davis, João Moreira, Mulgrew Miller, Nelson Cascais, Pedro Moreira, Stefon Haris, Steve Nelson, Vasco Mendonça.

Licenciado em Jazz na Escola Superior de  Música de Lisboa, actualmente lecciona na Escola de Jazz Luís Vilas Boas  Hot Club Portugal e no projecto Orquestra Geração.

Paulo Santo Quinteto 

Luís Cunha – Trompete
João Mortágua - Saxofone Alto
Paulo Santo – Vibrafone
Francisco Brito – Contrabaixo
João Lopes Pereira – Bateria

Programa 
21 Junho – Paulo Santo Quinteto (Concerto inserido no programa de divulgação  Leiria Cidade Criativa da Música da UNESCO)

26 Julho – Vaco Pimentel Trio

9 Agosto – Daniel Bernardes Solo

23 Agosto – Zé Vieira e Marta Garret 

O recinto do espetáculo está devidamente delimitado.  Só é permitido o acesso aos titulares de bilhete de ingresso, ainda que o  espectáculo seja de acesso gratuito, não sendo permitida a entrada física sem  controlo por colaborador técnico do espetáculo.

O período de entradas e saídas do público é alargado, para que a entrada dos  espectadores possa ser desfasada, cumprindo as regras de distanciamento.  Os lugares estão identificados no chão, cumprindo um distanciamento físico  entre espectadores de 1,5 metros.

O Nariz – Teatro de Grupo
 Desde 1994 que O Nariz” – Teatro de  Grupo exerce ininterruptamente  um leque variado de actividades  culturais, quer na criação e apresentação de espectáculos de  Teatro quer na edição de textos  teatrais, quer ainda na divulgação  de novos projectos das variadas áreas  artísticas. O Nariz organiza anualmente dois festivais internacionais: o ACASO - Festival Internacional de Teatro -  que este ano vai para a sua 25.ª  edição, e o Festival Internacional de Contadores de Histórias, pelo quarto ano consecutivo.
Assine Já Login

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?
Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.