Sociedade

Novas tecnologias aproximam alunos e professores

10 mai 2018 00:00

A invasão do dia-a-dia pelas novas tecnologias está a obrigar a escola a adaptar-se a esta nova realidade. E se alguns professores ainda oferecem resistência, outros já a usam em contexto de aula. A motivação e o interesse dos alunos são inquestionáveis

novas-tecnologias-aproximam-alunos-e-professores-8638

A utilização de novas tecnologias nas salas de aula ainda está a dar os primeiros passos na generalidade das escolas portuguesas. Apesar de as gerações mais jovens terem um contacto mais intensivo com telemóveis e tablets, a utilização destes dispositivos está associada sobretudo a questões lúdicas e à comunicação entre pares.

Da parte dos professores, há quem a use para fins pedagógicos e há quem ainda resista a estas ferramentas, por desconhecimento ou desinteresse. Miguel Xavier, 36 anos, criou uma “escola virtual”, com os recursos gratuitos existentes na internet, para os seus alunos do 4.º ano do Colégio João de Deus, em Leiria, com o envolvimento das próprias crianças.

E a conclusão a que chegou é que aprendem com mais facilidade, já que as ferramentas que utilizam permitem “trabalhar os conteúdos de uma forma mais sólida”. Além de ter sido criada uma conta de email para cada um dos alunos, Miguel Xavier diz que tanto ele como o colega que também dá aulas ao 4.º ano disponibilizam vídeos para as crianças fazerem exercícios, por exemplo, e dão-lhes a possibilidade de esclarecer dúvidas através de mensagens.

Outra estratégia que está a ser utilizada pelos dois professores para motivar os alunos é desafiá-los a levarem os computadores portáteis que os pais já não utilizam, por exemplo, ou os tablets para a sala de aula.

Quem não tem, o Colégio João de Deus empresta. “Somos uma IPSS, pelo que temos crianças de todos os extractos sociais, mas não excluímos ninguém.”O professor do 1.º ciclo explica que o Colégio João de Deus está apetrechado com quadros interactivos em quase todas as salas de aula, facto que contribui para estimular os próprios docentes.

Contudo, tem consciência que nem todos usam as novas tecnologias em contexto pedagógico. Além de admitir que alguns têm receio de trabalhar com no

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Se efectivar a sua assinatura durante o mês de Maio, 10€ reverterão para o combate à fome na nossa região.

#SEMFOMENAREGIÃO

Junte-se a uma grande causa

Ao assinar o Jornal de Leiria durante o mês de Maio, está a contribuir com 10€ para o combate à fome na nossa região.

Uma iniciativa com o apoio Makro

Saiba mais aqui.