Sociedade

Nery, uma escola desenhada a várias cores

21 dez 2018 00:00

O Agrupamento de Escolas Marinha Grande Nascente recebeu o primeiro prémio no concurso nacional Livres e Iguais – Escolas pelos Direitos Humanos

nery-uma-escola-desenhada-a-varias-cores-9626
Daniela Franco Sousa

Quando espreita a lancheira, Sachpreet está curioso para saber que merendinha lhe preparou a mãe. Às vezes há pão de forma. Mas outras vezes há uma iguaria de batatas com queijo e especiarias, que desperta a curiosidade dos colegas da escola. “Alguns meninos experimentaram. Dizem que é muito diferente do que costumam comer. Mas gostam”, explica o jovem aluno, que chegou a Portugal há dois anos, vindo de Punjab.

Quando deixou o Noroeste da Índia e se instalou com a família na Marinha Grande, tudo parecia complicado a Sachpreet. A começar pela comunicação. Mas as memórias desses primeiros tempos parecem ser já muito remotas ao rapaz de 12 anos, tais foram as muitas formas que rapidamente encontrou para conversar, para aprender e para brincar com meninos de outras origens.

Descobrir outras crianças indianas a residir há mais tempo na mesma cidade e na mesma escola foi uma grande ajuda. Agora o rapaz consegue compreender e falar razoavelmente em Português, além do Inglês e das outras duas línguas que já dominava na Índia.

“E no segundo período vai ensinar- -me a mim e aos outros meninos como se fala em Punjab”, interrompe Ana Baio, professora de Inglês e de Cidadania, que está orgulhosa do percurso deste e de muitos outros meninos que, tendo as mais diferentes nacionalidades e culturas, se sentem integrados na Escola Básica Prof. Nery Capucho.

E Sachpreet continua a desfiar as suas conquistas. Embora não goste particularmente de futebol, revela partilhar com os outros jovens o gosto pelo desporto. No seu caso, prefere taekwondoe badminton. Quanto ao xadrez, é uma das paixões que comunga com uma série de crianças que conheceu através do clube que promove a modalidade na escola.

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO