Sociedade

Nasceu de uma brincadeira de Carnaval. Hoje envolve centenas de pessoas

21 jan 2018 00:00

Associação de Serviço e Socorro Voluntário de São Jorge, em Porto de Mós, assinala 30 anos.

nasceu-de-uma-brincadeira-de-carnaval-hoje-envolve-centenas-de-pessoas-7991
Maria Anabela Silva

A ideia surgiu na sequência de um sketch carnavalesco, que envolvia mascarados de médicos, de bombeiros, de enfermeiros e, claro, de feridos. Mas, da brincadeira nasceu um caso sério de apoio social e de dinâmica cultural, que hoje chega a centenas de pessoas, não só em Portugal, mas também em África, onde tem desenvolvido várias acções humanitárias.

Falamos da Associação de Serviço e Socorro Voluntário de São Jorge (ASSVSJ), uma instituição do concelho de Porto de Mós, que celebra este domingo 30 anos de actividade.

Para assinalar a data, irá haverá um almoço comemorativo, no decorrer do qual será anunciado o próximo projecto da associação: um centro comunitário intergeracional a criar na antiga sede do Condestável Atlético Clube, cujas instalações foram recentemente adquiridas pela ASSVSJ.

Nuno Rebocho, presidente da direcção da instituição, explica que o objectivo é recuperar um espaço “emblemático” na aldeia, “com demasiadas memórias para ficar abandonado”, criando “um ponto de encontro” no centro da povoação, que possa juntar “reformados, jovens, crianças e população em geral”.

“São Jorge não tem um único espaço público de lazer. Queremos colmatar esta lacuna e, ao mesmo tempo, proporcionar o convívio intergeracional, onde os mais velhos possam ensinar algo aos mais novos e vice-versa”, adianta Nuno Rebocho.

O centro terá um parque infantil, um circuito de manutenção, um ringue para a prática de petanca, boccia e chinquilho e um edifício com sala polivalente e espaços para a dinamização de oficinas. Ainda sem data para o início da obra, o centro comunitário irá alargar a já vasta área de actuação da associação que mantém ainda como actividade principal o transporte de doentes, que esteve na sua origem.

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO