Sociedade

Moradores de São Jorge assustados com expropriações

21 set 2017 00:00

Fundação Batalha de Aljubarrota pretende avançar com pedido de declaração pública.

moradores-de-sao-jorge-assustados-com-expropriacoes-7163
Daniela Franco Sousa

A Fundação Batalha de Aljubarrota (FBA) vai pedir declaração de utilidade pública para a expropriação de sete prédios situados em cerca de dois quilómetros quadrados, nas imediações da Capela de São Jorge e do Centro de Interpretação da Batalha de Aljubarrota. Esta é a decisão que está a ser anunciada por carta registada a cada um dos proprietários. Os moradores estão assustados.

Segundo uma das cartas a que o JORNAL DE LEIRIA teve aceso, além dos valores suportados pela FBA com cada expropriação, a Fundação explica aos proprietários os fundamentos do requerimento de utilidade pública da expropriação, contidos em acta do Conselho de Administração da FBA.

“Finda a intervenção paisagística, e numa terceira fase, a FBA pretende implementar um plano de musealização da nova área a intervencionar através da ampliação dos percursos exteriores actualmente existentes, permitindo o acesso à vertente nascente do planalto onde se desenrolou a batalha, permitindo ao visitante uma mais fácil leitura dos conteúdos internos do CIBA, através da visualização directa da orologia do terreno e da vegetação existente à época do seu aproveitamento e em termos de estratégia militar”, justifica a FBA.

“Para a concretização deste projecto multidisciplinar será necessário proceder à expropriação de um conjunto de sete prédios, muitos deles contíguos a outros entretanto já adquiridos pela FBA ao longo do tempo”, expõe a fundação.

Neste âmbito, a FBA apresentou ao Ministério da Cultura, em Junho de 2016, um Plano de Caracterização Global e Sectorial da Zona Central do Campo de Batalha de Aljubarrota “com vista a obter um parecer quanto à fundamentação de um futuro processo de expropriação”. Sobre este plano, já em Fevereiro deste ano, foi emitido um parecer favorável por parte da Direcção Regional de Cultura do Centro.

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO