Sociedade

Mizi, uma foca robot que ajuda utentes com demência em Pombal

13 out 2019 00:00

Projecto da Misericórdia também fortalecer relações interpessoais.

mizi-uma-foca-robot-que-ajuda-utentes-com-demencia-em-pombal-10768
Maria Anabela Silva

Tem o formato de uma foca. Chama- se Mizi e, à primeira vista, parece um simples peluche, de pêlo branco. Falamos de um robot terapêutico, que reage a estímulos tácteis e à voz, que a Misericórdia de Pombal está a utilizar como instrumento de trabalho na intervenção junto de utentes com demências e perturbações cognitivas e no tratamento da ansiedade.

A Mizi chegou há alguns meses à estrutura residencial para idosos da instituição e já conquistou utentes e técnicos. Ana Rita Santos, fisioterapeuta, confessa que, quando estava a trabalhar na candidatura ao Prémio BPI Seniores, que financiou o projecto, “não estava muito convencida” das mais-valias do robot. No entanto, quando a Mizi chegou e os resultados começaram a aparecer, a técnica ficou “rendida”.

Entre os “inúmeros” benefícios deste tipo de equipamento, a fisioterapeuta destaca a “interacção social e emocional” estimulada pelo robot. Para ilustrar o que diz, Ana Rita Santos refere o caso de uma utente, que sofre de demência ainda numa fase inicial. “Quando está mais triste ou agitada, vamos buscar a Mizi. Fica logo com outra disposição. Mais alegre e calma. Até canta para ela”, conta a téc

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO