Viver

Memórias do Carvão recorda as minas dos concelhos da Batalha e Porto de Mós

30 set 2015 00:00

Livro aprofunda a preservação e valorização do património mineiro no Couto Mineiro do Lena

memorias-do-carvao-recorda-as-minas-dos-concelhos-da-batalha-e-porto-de-mos-2167
Jacinto Silva Duro

Decorreu no passado sábado a apresentação do livro “Memórias do Carvão”, obra que resulta da reunião dos trabalhos apresentados por especialistas nacionais e internacionais nas Jornadas Internacionais Memórias do Carvão, realizadas em Setembro de 2014, em torno da temática da preservação e valorização do património mineiro, num território que perpetua memórias vivas associadas à actividade extractiva do carvão, no Couto Mineiro do Lena, no decorrer da primeira metade do século XX, nos concelhos de Porto de Mós e da Batalha.

A iniciativa foi promovida pelo Instituto de História Contemporânea (Universidade Nova de Lisboa), pelo Centro de Estudos de História e Filosofia da Ciência (Universidade de Évora) e pelos municípios da Batalha e de Porto de Mós.

A cerimónia de apresentação do livro contou com a presença de José Brandão e da Professora Fátima Nunes, editores, de Marques Amaro, administrador da empresa Ricel, e de José Charters Monteiro, responsável pela apresentação desta obra, escolhido pelos laços afectivos e familiares que o unem à figura de João Monteiro da Conceição, pai deste arquitecto, antigo director da Empreza Mineira do Lena, e fundador da empresa Ricel.

O evento decorreu num dos pavilhões da Ricel, o único espaço cuja construção remonta ao tempo da fundação da Empreza Mineira do Lena na década de 30, do século passado.