Viver

Leiria quer internacionalizar agenda cultural

9 fev 2018 00:00

Leiria apresentou o programa de eventos culturais para o concelho, onde sobressai a aposta na internacionalização e o reforço de algumas das iniciativas já existentes.

leiria-quer-internacionalizar-agenda-cultural-8100
Maria Anabela Silva

Ute Lember, artista alemã, já tinha sido anunciada como uma das presenças confirmadas na edição deste ano do Festival de Música em Leiria. Sabe-se agora que a pianista Elizabeth Sombart também dará um concerto na cidade, agendado para 10 de Maio.

A revelação deste último nome foi feita durante a apresentação da agenda de eventos culturais do município de Leiria para 2018, onde o vereador Gonçalo Lopes frisou a aposta na “vertente internacional” da programação, também a pensar na candidatura a Capital Europeia da Cultura 2027.

“A internacionalização é fundamental. Já está patente na nossa programação deste ano e vamos querer reforçá-la”, afirmou o autarca.

Essa aposta será feita, explicou o vereador, não só pela preocupação de tornar Leiria palco de actuação de artistas internacionais, mas também levando “Leiria para o estrangeiro” através, por exemplo, de exposições como aquela que este ano estará patente no Museu Nacional de Arqueologia da Croácia sobre o Menino do Lapedo.

Além de assumir a aposta na internacionalização, o município quer ainda aproveitar “a auto-estima cultural” para fazer crescer o número de visitantes dos espaços culturais do município e de participantes nos eventos promovidos no concelho, muitos dos quais assentes no “trabalho em rede com o movimento associativo”.

De acordo com as estatísticas do município referentes ao ano passado, foram contabilizadas 357.543 pessoas presentes em iniciativas de cultura e animação em Leiria e a visitar os vários núcleos museológicos do concelho.

“É um valor significativo e que demonstra a nossa aposta na área da cultura”, nota o vereador, sublinhando, contudo, que “não são apenas os números que interessam, mas também a qualidade e o sentimento” que os eventos despertam.

Cruzar memória e contemporaneidade

Para este ano, a programação cultural no concelho de Leiria assentará no reforço de eventos já implementados e em algumas novidades, nomeadamente ao nível expositivo, com a realização de mostras de homenagem a ilustres leirienses, como José Luís Tinoco, compositor, pintor e arquitecto nascido na cidade há 82 anos, cuja obra será evocada numa exposição que ficará patente no Banco de Portugal, de 5 de Maio a 2 de Setembro.

Também o actor, encenador e dramaturgo Miguel Franco verá a cidade onde nasceu prestar-lhe homenagem póstuma, por ocasião dos 100 anos do seu nascimento, com um conjunto de iniciativas onde se inclui um ciclo de cinema (de 14 de Abril a 28 de Julho), o espectáculo de leitura encenada Legenda do cidadão Miguel Lino e uma exposição biográfica.

Vasco da Gama Fernandes, advogado que se destacou na luta pela democracia, será outra das personalidades alvo de homenagem.

 

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO