Login
Esqueci a password

Se esqueceu o seu Username ou a sua Password envie-nos o seu e-mail e receberá os seus dados de acesso por e-mail.

Se não sabe que endereço de e-mail utilizou no seu registo, por favor contacte os nossos serviços através do nosso e-mail assinantes@jornaldeleiria.pt.

Para procurar palavras exactas utilize aspas. Ex: "Castelo de Leiria" "Jornal de Leiria"
Área restrita

A secção que pretende aceder é restrita a assinantes do Jornal de Leiria. Para se tornar assinante vá à área Assinatura.

Se já for assinante da edição impressa, pode registar-se na edição online, sem custos adicionais.

Caso já tenha um registo, efectue login.

Jovem bombeiro de Castanheira de Pera teve alta hoje

Sociedade

08 Agosto 2017

Jovem bombeiro de Castanheira de Pera teve alta hoje

Fernando Paulo Tomé é um dos quatro bombeiros da Castanheira de Pera que ficaram internados na sequência do incêndio que deflagrou em Pedrógão Grande e que causou, pelo menos, 64 vítimas mortais.

O jovem bombeiro da Castanheira de Pera Fernando Paulo Tomé teve alta hoje do Hospital de Santa Maria, onde esteve internado na sequência do incêndio de Pedrógão Grande, informou o gabinete de crise que acompanha a resposta da Saúde.

O jovem de 22 anos será agora acompanhado pelo médico de família e pela equipa de saúde mental comunitária, disse à agência Lusa o membro do gabinete de crise da Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC) António Morais.

Fernando Paulo Tomé é um dos quatro bombeiros da Castanheira de Pera que ficaram internados na sequência do incêndio que deflagrou em Pedrógão Grande e que causou, pelo menos, 64 vítimas mortais.

O pai, também bombeiro, "está muito melhor e já está em programa de fisioterapia", frisou.

Segundo António Morais, a jovem bombeira de 24 anos que estava internada no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) está agora em cuidados continuados, em Leiria, registando-se também uma boa "recuperação".

O bombeiro de 51 anos da Castanheira de Pera, internado no Hospital de São João (Porto), regista uma recuperação mais lenta, à semelhança do ferido que está hospitalizado em Valência, Espanha.

Neste momento, há um total de sete feridos internados em hospitais: quatro feridos internados no CHUC (um com alta a aguardar vaga numa unidade de cuidados continuados em Pedrógão Grande), um no Hospital de São João (Porto), um no de Santa Maria (Lisboa) e outro em Espanha.

Além dos feridos hospitalizados, há ainda quatro em unidades de cuidados continuados, em Leiria, Montijo e Figueiró dos Vinhos, resumiu António Morais.

A expectativa para os doentes que estão em unidades de cuidados continuados é de regresso a casa ainda durante o mês de agosto, explicou.

O comandante dos bombeiros da Castanheira de Pera, José Domingues, recebeu a notícia da alta do jovem Fernando Paulo Tomé de forma "eufórica".

"Temos o pessoal todo preparado para lhe fazer uma recepção calorosa", contou à agência Lusa o comandante da corporação local.

O incêndio que deflagrou em Pedrógão Grande no dia 17 de Junho, provocou, pelo menos, 64 mortos e mais de 200 feridos, e só foi dado como extinto uma semana depois.

Agência Lusa/Jornal de Leiria

 

 

Jornal de Leiria
RedacçãoJornal de Leiria redaccao@jornaldeleiria.pt






Os comentários são da exclusiva responsabilidade do utilizador