Login
Esqueci a password

Se esqueceu o seu Username ou a sua Password envie-nos o seu e-mail e receberá os seus dados de acesso por e-mail.

Se não sabe que endereço de e-mail utilizou no seu registo, por favor contacte os nossos serviços através do nosso e-mail assinantes@jornaldeleiria.pt.

Para procurar palavras exactas utilize aspas. Ex: "Castelo de Leiria" "Jornal de Leiria"
Área restrita

A secção que pretende aceder é restrita a assinantes do Jornal de Leiria. Para se tornar assinante vá à área Assinatura.

Se já for assinante da edição impressa, pode registar-se na edição online, sem custos adicionais.

Caso já tenha um registo, efectue login.

João Moleira: “Quase todas as notícias que damos são más”
Foto: Ricardo Graça

Sociedade

10 Agosto 2017

João Moleira: “Quase todas as notícias que damos são más”

Lima Litoral

Particularmente sensibilizado com notícias sobre maus tratos e condições de vida difíceis de crianças e idosos, o jornalista gostava de noticiar a cura para o cancro ou a vacina contra a Sida

Que impressão lhe proporcionou a visita a Leiria?

A visita foi curta, mas muito intensa e fiquei agradavelmente surpreendido com as pessoas. As pessoas são muito simpáticas e têm necessidade de nos ver e de sentir a televisão mais próxima delas. Fui muito bem recebido. Não ia a Leiria há muito tempo. Tenho amigos de Leiria, mas que estão a viver em Lisboa. Por isso, não tenho por hábito ir até lá. A última vez que o fiz foi em 2009, para o campeonato da Europa de atletismo por equipas, no Estádio Magalhães Pessoa

Portugal continua a ser Lisboa e o resto paisagem?

Não, não faço essa leitura. E se alguém a fez está completamente errado. Portugal é muito mais do que Lisboa. De Junho a Outubro estamos precisamente a provar isso. A SIC está todas as sextas-feiras ns capitais de distrito a mostrar às pessoas que elas não estão esquesão apenas um número quando olhamos para audiências. É preciso estar próximo dessas pessoas. E cada vez que saímos de Lisboa - e contra mim falo, porque raras vezes saio quer profissionalmente quer até do ponto de vista pessoal, devia sair mais – encontramos coisas maravilhosas fora das cidades, em todos os distritos.

Há alguma coisa que o tenha surpreendido particularmente nesta região? Surpreendeu-me muito o passeio que fiz até ao Castelo de Leiria e gostei muito do jantar. Comi como não comia há muito tempo. A gastronomia local é maravilhosa.

O que aprendeu com a imprensa regional que tenha transportado para a televisão? Quase tudo. Eu comecei por trabalhar na imprensa regional. Primeiro em jornais e depois na rádio, antes de chegar à televisão em 1999. Tenho seis anos de imprensa regional e, para mim, foi a melhor escola. Mais do que a universidade, onde supostamente se aprende.  

LER MAIS

Faça para ler a totalidade do artigo ou registe-se e aceda à versão integral deste texto

Daniela Sousa
Redacção Daniela Sousa daniela.sousa@jornaldeleiria.pt






Os comentários são da exclusiva responsabilidade do utilizador