Sociedade

IC8 matou dez pessoas e fez 5 feridos graves só este ano

27 set 2018 00:00

Seis pessoas perderam a vida no IC8 quando se dirigiam para o trabalho, num dos mais trágicos acidentes. A requalificação da via é reclamada há anos.

ic8-matou-dez-pessoas-e-fez-5-feridos-graves-so-este-ano-9287

Desde Janeiro deste ano que já morreram dez pessoas no Itinerário Complementar 8 (IC8), no distrito de Leiria. O número foi engrossado esta segunda-feira com a morte de seis homens, em sequência da colisão frontal de dois veículos ligeiros de mercadorias a poucos metros do nó de saída para São João da Ribeira, em Pombal. Eram cerca das 7 horas, quando, inexplicavelmente, a carrinha que transportav

a quatro pessoas no sentido Pombal-Figueira da Foz saiu da sua faixa de rodagem e embateu de frente com o veículo que circulava em sentido contrário, onde seguiam dois ocupantes. A colisão ‘empurrou’ a carrinha cerca de 12 metros para trás. O local é uma recta e à hora do embate a zona estava coberta de nevoeiro.

As causas estão ainda por explicar. Cabe agora ao Núcleo de Investigação Criminal de Acidentes de Viação tentar perceber o acidente. No local, a GNR informou apenas o que era visível: um veículo saiu da sua faixa e colidiu com outro que seguia em sentido contrário. Ultrapassagem? Doença súbita? Problema técnico? Despiste? As causas podem ser variadas e, sem sobreviventes, obrigará a GNR a uma investigação pormenorizada para tentar encontrar as respostas que muitos querem ter.

O comandante do Destacamento de Trânsito de Leiria da GNR, Daniel de Matos, afirma apenas que um dos veículos envolvidos no acidente tinha sido fiscalizado por uma operação Stop da GNR, cerca de "20 a 30 minutos" antes, não tendo sido detectado "nada de grave".

As seis vítimas do acidente tiveram morte quase imediata, revela o comandante dos Bombeiros Voluntários de Pombal, Paulo Albano, explicando que “logo que os primeiros meios chegaram ao local, perceberam que dificilmente iriam conseguir retirar alguém com vida”.

“Não encontrámos ninguém com sinais vitais. A preocupação imediata foi tentar perceber se havia alguém com vida e conseguir criar espaço para fazer essa avaliação", acrescenta. Os trabalhos de desencarceramento foram demorados, uma vez que o embate "provocou deformação em ambos os veículos" e "todo o habitáculo dos passageiros foi destruído".

As vítimas, com idades entre os 21 e os 36 anos, são todas residentes no concelho de Pombal e eram funcionários das empresas Ihaugusto e da Pavimilhas.

O deputado do PSD e presidente da Junta de Freguesia de Pombal, Pedro Pimpão, conta ao JORNAL DE LEIRIA que eram pessoas “muito conhecidas” na zona, o que “abalou muito a comunidade local”. “Um deles era filho de uma professora da escola da Fonte Nova, pelo que durante o funeral [ter-se-á realizado ontem] a escola foi encerrada.

Pedro Pimpão lamenta as seis mortes e volta a defender a requalificação do IC8. “Não quero fazer qualquer aproveitamento político desta situação”, frisa ao JORNAL DE LEIRIA, mas recorda os vários acidentes mortais, incluindo atropelamentos, que se têm registado no troço Pombal-Ansião.

“O investimento quer Infraestruturas de Portugal anunciou para o distrito é irrisório e o IC8 nem aparece referido em nenhum dos documentos, o que evidencia que não será prioritário. O IC8 é uma via muito importante para a nossa região. Tem muito tráfego e é utilizado para transporte de mercadorias para Espanha. É sem dúvida uma das vias de desenvolvimento económico da região”, insiste Pedro  

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO