Sociedade

Homem que matou companheira em Leiria fica em prisão preventiva

28 dez 2019 20:10

Suspeito terá degolado mulher em frente aos filhos.

homem-que-matou-companheira-em-leiria-fica-em-prisao-preventiva
Homem foi hoje presente a um juiz de instrução no Tribunal de Leiria
Ricardo Graça/Arquivo

O juiz de instrução do Tribunal Judicial de Leiria decretou hoje prisão preventiva ao homem suspeito de ter matado a companheira, na noite de sexta-feira, numa casa situada nas torres do Centro Comercial Maringá.  

Segundo fonte policial, o suspeito de 35 anos terá degolado a mulher de 34 anos, em casa do casal no centro de Leiria, onde estavam os filhos da vítima de 6 e 2 anos, fruto de relações anteriores, que estão agora sob a responsabilidade da Comissão da Proteção de Crianças e Jovens.  

"O casal estaria a passar por uma fase má, registando-se algumas desavenças", revelou a mesma fonte policial, acrescentando que a PSP tinha sido alertada para discussões, "mas nada previa este desfecho" nem haveria suspeita de violência doméstica.  

Depois de matar com um x-acto a mulher, que morreu no local apesar das manobras de reanimação, o suspeito pôs-se em fuga, vindo a ser detido pela GNR, após se despistar no Itinerário Complementar 2 (IC2), em Pombal.  

"O suspeito foi encontrado após se ter despistado na viatura que conduzia e foi detido ao quilómetro 144,5, na zona de Travasso, Pombal", referiu fonte da GNR, esclarecendo que o suspeito não apresentava ferimentos nem ofereceu resistência no momento da detenção.  

O casal é de origem brasileira e estariam numa relação há cerca de quatro meses, embora já se conhecessem há mais tempo.

O arguido não tem antecedentes criminais.  

#SEMFOMENAREGIÃO

Junte-se a uma grande causa

Ao assinar o Jornal de Leiria durante o mês de Maio, está a contribuir com 10€ para o combate à fome na nossa região.

Uma iniciativa com o apoio Makro

Saiba mais aqui.