Sociedade

Gralha preta e pintassilgos encontradas em cativeiro ilegal nas Caldas da Rainha

23 nov 2020 15:53

Homem de 57 anos foi identificado e as aves resgatadas

gralha-preta-e-pintassilgos-encontradas-em-cativeiro-ilegal-nas-caldas-da-rainha
Corvus corone
GNR

Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Caldas da Rainha da Guarda Nacional Republicana identificou, na passada sexta-feira, um homem de 57 anos por detenção de forma ilegal de aves protegidas em cativeiro.

Foi na localidade de Santa Catarina, concelho de Caldas da Rainha. No decorrer de uma acção de patrulhamento, os militares da Guarda detectaram em gaiolas, num terreno anexo de uma residência, uma gralha preta (Corvus corone) e três pintassilgos (Carduelis carduelis).

A gralha foi resgatada e entregue no Centro de Recuperação de Animais Selvagens de Montejunto (CRASM) e os pintassilgos foram libertados e restituídos ao seu habitat natural.

Foram elaborados dois autos de contraordenação, sendo que a infracção por detenção de exemplar de gralha preta é punível com uma coima no valor máximo de 6.487 euros e a detenção de exemplares de pintassilgo é punível com uma coima no valor máximo de 3.740 euros.

Assine Já Login

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?
Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.