Economia

Formação de alunos e empresários com cunho do Centimfe

23 fev 2018 00:00

Disseminação de conhecimento sobre 3D

formacao-de-alunos-e-empresarios-com-cunho-do-centimfe-8194
Daniela Franco Sousa

Leia também: Addispace faz aeronáutica voar mais alto

 

O Centro Tecnológico da Indústria de Moldes, Ferramentas Especiais e Plásticos (Centimfe), da Marinha Grande, esteve entre os primeiros centros de saber com acesso à tecnologia aditiva.

Desde o início, o seu trabalho tem consistido na partilha desta tecnologia com os empresários, e também na formação de alunos e quadros, no sentido de democratizar e potenciar a utilização do fabrico aditivo junto das indústrias do seu sector.

Nuno Fidelis, coordenador de Engenharia no Centimfe, recorda que este centro adquiriu o seu primeiro sistema de sinterização selectiva por laser ainda em 1997. A máquina ainda funciona, depois dela surgiram gerações mais modernas e outros equipamentos com a função de fabrico por adição.

E o objectivo destas aquisições, explica Nuno Fidelis, foi sempre o de democratizar o acesso desta tecnologia que, de início, era especialmente cara.

Rui Soares, responsável pela área de vigilância tecnológica deste centro tecnológico, recorda que o Centimfe integrou a Rede Nacional de Prototipagem Rápida e cumpriu um papel relevante de interacção com escolas, indústrias e universidades, tendo promovido a troca de saberes entre sectores como a moda e o design e a indústria de moldes.

Foram bases importantes para o desenvolvimento que o fabrico aditivo atinge hoje nas mais diferentes actividades, concordam Nuno Fidelis e Rui Soares.

Quanto ao futuro desta tecnologia nas indústrias de plásticos e de moldes, tanto Nuno Fidelis como Rui Soares consideram que irá funcionar mais como um complemento, em articulação com as tecnologias convencionais, do que como substituto dessas formas de produção.

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO