Sociedade

Estado quer desclassificar imóvel devido a alterações que aprovou

6 out 2016 00:00

Antigo Colégio Correia Mateus, em Leiria, pode perder estatuto de interesse público.

estado-quer-desclassificar-imovel-devido-a-alteracoes-que-aprovou-5144
Maria Anabela Silva

A Direcção-Geral de Património Cultural (DGPC) quer desclassificar o edifício do antigo Colégio Dr. Correia Mateus, localizado no gaveto da Rua de Alcobaça com a Avenida Combatentes da Grande Guerra, em Leiria, considerado de interesse público desde 1972.

Na base desta decisão está o facto de aquele organismo considerar que o imóvel já não cumpre os critérios que estiveram na base da sua classificação – interesse arquitectónico –, devido às obras, entretanto, efectuadas no edifício e que incluíram a construção do Leiria- Plaza.

O irónico desta história é que as intervenções feitas e que, segundo a DGPC adulteraram de “forma irreversível” o edifício original, foram aprovadas pelas entidades que tutelam o património, as mesmas que agora pedem a sua desclassificação.

De acordo com o parecer que sustenta a proposta de retirada do estatuto de interesse público, cujo processo foi iniciado há alguns meses, o edifício do antigo Colégio Dr. Correia Mateus não é mais do que um “mero invólucro de três fachadas originais” e de “interior empobrecido”, o que transformou o imóvel “no que se designa em termos patrimoniais por 'múmia'”.

O parecer da Direcção Regional de Cultura do Centro reconhece que as “intervenções licenciadas”, que permitiram a instalação no local de um “mini-centro comercial”, com lojas no rés-do-chão e escritórios nos pisos superiores, “não mantiveram a relevância arquitectónica do imóvel”.

Segundo aquele documento, o prédio aparece actualmente como “edifício apreciável, mas que dificilmente ombreia com outros imóveis classificados como de interesse público”, dado o “desvirtuamento da tipologia inicial”.

 

Leia mais na edição impressa ou torne-se assinante para aceder à versão digital integral deste artigo.

#SEMFOMENAREGIÃO

Junte-se a uma grande causa

Ao assinar o Jornal de Leiria durante o mês de Maio, está a contribuir com 10€ para o combate à fome na nossa região.

Uma iniciativa com o apoio Makro

Saiba mais aqui.