Saúde

Eficácia da vacinação diminui resistência ao vírus do sarampo

31 mar 2018 00:00

Docente da ESSLei admite que mais de 5% dos vacinados perdem defesas

eficacia-da-vacinacao-diminui-resistencia-ao-virus-do-sarampo-8412

A eficácia da vacina contra o sarampo diminui de resistência ao fim de nove anos. A culpa é da taxa de vacinação em Portugal, que por cobrir uma grande parte da população, esta deixou de estar em contacto com o vírus na sua forma selvagem.

A conclusão é de um estudo de João Frade, docente na Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Leiria. “O que se passa é que a vacinação em Portugal foi tão eficaz que fez desaparecer o vírus selvagem do sarampo, que nos dava os anticorpos ao longo da vida.

Ou seja, a pessoa ia estando em contacto com o vírus na forma como ele existe na natureza, garantindo um reforço natural de anticorpos”, explica ao JORNAL DE LEIRIA o investigador. Segundo exemplifica, quando alguém ia ao hospital poderia estar em contacto com o vírus, o que “ia reforçando o sistema imunológico, que apresentava um nível bastante elevado”.

“Com o nível de vacinação elevado o contacto desse vírus com o nosso sistema imunológico desapareceu e os anticorpos vão diminuindo”, sublinha João Frade. Na sua tese de doutoramento, apresentada em 2014, o investigador constatou que, “ao final de nove ou dez anos, mais de 5% da população vacinada já não tem imunidade”.

Isto pode resultar também de uma “certa fragilidade da vacinação e tem de se desenvolver estudos, nomeadamente da imunologia, para se perceber o que se passa”. João Frade salienta que “uma coisa é uma pessoa que nunca teve contacto com a doença e que tem um sistema imunológico virgem” e outra é “um sistema imunológico que já contactou com o vírus duas vezes [doses de vacina] e na forma selvagem e cujo vírus já não é nov

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Se efectivar a sua assinatura durante o mês de Maio, 10€ reverterão para o combate à fome na nossa região.

#SEMFOMENAREGIÃO

Junte-se a uma grande causa

Ao assinar o Jornal de Leiria durante o mês de Maio, está a contribuir com 10€ para o combate à fome na nossa região.

Uma iniciativa com o apoio Makro

Saiba mais aqui.