Sociedade

É oficial: Governo limita 13 de Maio a celebrantes, convidados e funcionários

8 mai 2020 11:58

Despacho publicado em Diário da República confirma a posição da Igreja Católica e os peregrinos não podem aceder ao recinto

e-oficial-governo-limita-13-de-maio-a-celebrantes-convidados-e-funcionarios
Restrições resultantes da pandemia também condicionam o Santuário
Ricardo Graça/Arquivo

"A celebração das aparições de Fátima, nos dias 12 e 13 de Maio de 2020, no recinto do Santuário de Fátima, [pode] contar com a presença de celebrantes e demais elementos necessários à celebração, convidados do Santuário de Fátima e respectivos funcionários, os quais devem observar o distanciamento físico de dois metros entre si", lê-se no despacho conjunto do ministro da Administração Interna e da ministra da Saúde, publicado ontem, quinta-feira, em Diário da República. 

O Santuário de Fátima já tinha anunciado que a peregrinação internacional de Maio ao Santuário de Fátima, que habitualmente junta na Cova da Iria entre 200 a 300 mil pessoas, se vai celebrar este ano sem a presença de peregrinos – o anúncio foi feito esta segunda-feira, 6 de Abril, pelo bispo de Leiria-Fátima, D. António Marto, que considera o cancelamento da peregrinação nos moldes habituais “um acto de responsabilidade pastoral e também um profundo acto de fé”.

No despacho publicado ontem, o Governo lembra que "o Estado reconhece e classifica, na Constituição da República Portuguesa, a liberdade religiosa como direito fundamental, no qual se compreende a liberdade e o direito de celebração dos rituais e cerimónias religiosas".

"Entendendo como relevante para a comunidade católica portuguesa a celebração das aparições de Fátima, no dia 13 de maio, e atendendo a que, mediante o cumprimento dos termos fixados no presente despacho, a saúde pública é adequadamente garantida, considera -se justificada e proporcional a realização da referida celebração, a qual, nos termos já oportunamente comunicados pela diocese de Leiria -Fátima, não contará este ano com a presença física de peregrinos no recinto do santuário", lê-se no documento.

Entre a tarde do dia 12 e o fim da manhã do dia 13 não será permitido o acesso dos peregrinos a qualquer espaço do santuário.

#SEMFOMENAREGIÃO

Junte-se a uma grande causa

Ao assinar o Jornal de Leiria durante o mês de Maio, está a contribuir com 10€ para o combate à fome na nossa região.

Uma iniciativa com o apoio Makro

Saiba mais aqui.