Sociedade

Contacto entre idosos e famílias à distância de uma vídeo-chamadas.

3 abr 2020 13:02

Lares usam tecnologias para utentes comunicarem com familiares.

contacto-entre-idosos-e-familias-a-distancia-de-uma-video-chamadas
Adelina Martins não dispensa o computador para falar com familiares e amigos
DR

Tanto Adelina Martins como Manuel Garcia, ambos de 80 anos e utentes da Misericórdia de Leiria, já era utilizadores regulares do computador para comunicar com a família e amigos.

Mas, nunca como agora, com o Lar Nossa Senhora da Encarnação e a Residencial XXI em isolamento profilático - “ninguém entra, ninguém saí” as tecnologias se revelaram tão “essenciais” para manter o contacto com os seus.

“Esta forma de comunicação é muito útil e eficiente, por ser rápido e por nos vermos mutuamente” conta Manuel Garcia, que encara o isolamento com resignação.

 

“Não tem sido difícil porque aceito a situação e também porque, com as condições que a Residencial nos oferece, desde a enorme simpatia amor e carinho com que somos tratados, é fácil viver neste isolamento obrigatório”, diz Manuel Garcia.

Mais difícil têm sido os dias de Aldina Martins, que admite que o que mais lhe custa é “encerrada” no espaço do lar e, claro, não poder estar fisicamente com a família, os amigos ou os voluntários do lar. Sabe, contudo, que os encontrar à distância de um clique. Não será a mesma coisa, mas ajudar a acalmar a saudade.

"É uma forma de minimizar o isolamento e de tranquilizar os familiares", diz Carlos Poço, provedor da Misericórdia de Leiria, sublinhando que, já antes da pandemia, a instituição disponibilizava e incentivava o uso das tecnologias entre os utentes. "Agora, é, de facto, mais utilizado", reconhece.

O caso da Santa Casa da Misericórdia de Leiria é exemplo daquilo que está a ser feito em muitas das instituições de acolhimento de idosos, que, com os lares fechados a visitas, recorrem às várias plataformas de comunicação para aproximar utentes e familiares, disponibilizando vídeo-chamados ou usados as redes sociais para passar mensagens tranquilizadoras a quem está lá fora e que, por amor, aos assim tem de continuar.





#SEMFOMENAREGIÃO

Junte-se a uma grande causa

Ao assinar o Jornal de Leiria durante o mês de Maio, está a contribuir com 10€ para o combate à fome na nossa região.

Uma iniciativa com o apoio Makro

Saiba mais aqui.