Sociedade

Cidália Ferreira pede maioria para um próximo mandato na Câmara da Marinha Grande

20 abr 2021 19:05

Presidente recandidata-se pelo PS às próximas autárquicas.

cidalia-ferreira-pede-maioria-para-um-proximo-mandato-na-camara-da-marinha-grande
"Não termos a maioria no executivo atrasou muitos projectos", afirma Cidália Ferreira
Ricardo Graça

Cidália Ferreira assumiu hoje que é preciso uma maioria para poder gerir a Câmara Municipal da Marinha Grande com maior rapidez e garantir a concretização de alguns dos projectos que ficaram pendentes neste mandato, a que a pandemia também não é alheia.

“Não termos a maioria no executivo atrasou muitos projetos, porque não podemos aprová-los, sem o consenso da oposição. Para chegarmos a um acordo tudo leva muito tempo. Há várias questões que se tivéssemos a maioria não teríamos tanta dificuldade”, constata.

A presidente da Câmara vai recandidatar-se a mais um mandato, tal como o JORNAL DE LEIRIA avançou, porque pretende terminar tudo o que não conseguiu fazer.

“Quero poder continuar a contribuir para resolver os problemas da população e conseguir concretizar os projectos que há muito têm de ser feitos”, diz a autarca.

Cidália Ferreira adianta que assumi um compromisso e não quer abandonar a câmara antes de cumprir com a promessa que fez aos marinhenses. A candidata socialista pretende concluir os projectos como a piscina municipal, a antiga fábrica escola Stephens e os centros escolares.

“Houve opções que tivemos de fazer e a prioridade foi o garantir a rede de saneamento e águas à população”, explica ainda.

Afirmando que “há vários anos que se dedica à causa pública”, Cidália Ferreira destacou ainda que há muitos processos já bastante evoluídos, como o Museu da Floresta e toda a pressão que tem sido feita para a reflorestação do Pinhal do Rei que “não podem voltar ao início”.

“Os primeiros mandatos nunca correm com a rapidez que se deseja, até porque o tempo das autárquicas não é o mesmo das eleições legislativas. Defendo até que as eleições se realizassem ao mesmo tempo, porque há sempre mudanças”, admitiu.

Cidália Ferreira, 67 anos, é professora aposentada. Está na Câmara da Marinha Grande desde 2005, primeiro como vereadora e depois eleita como presidente.

Durante anos esteve ligada a cargos de órgãos de gestão de várias escolas do concelho e foi presidente da Comissão de Protecção de Crianças e Jovens.

Esteve na comissão instaladora da direcção da piscina municipal, pelo que considera que esta é uma obra que lhe dá “muito prazer” concretizar.

Para já, é conhecido o candidato pelo +MpM, Aurélio Ferreira, que concorre pelo MpM e +Concelho.