Sociedade

Castelo de Porto de Mós reabre portas mais inclusivo

6 abr 2019 00:00

O Politécnico de Leiria foi “um parceiro importante na definição do roteiro para cegos e na inscrição em braille das peças”, acrescenta o autarca.

castelo-de-porto-de-mos-reabre-portas-mais-inclusivo-10095

O Castelo de Porto de Mós reabre ao público no sábado, dia 6, após obras de requalificação, de acessibilidade e inclusão, que permitem ser visitado por todas as pessoas.

Jorge Vala, presidente do Município, explica que o castelo sofreu obras de reabilitação, nomeadamente “limpeza e alteração eléctrica, melhorando a sua eficiência”, assim como reparação de “infiltrações com alguma gravidade”.

No âmbito de uma candidatura ao programa Turismo Acessível, a autarquia realizou ainda obras na rede de acessibilidade, através de plataformas, rampas de acesso e elevador, “tornando o castelo mais acessível a pessoas com mobilidade reduzida”.

Jorge Vala adianta que foi realizado um trabalho “sensorial”, permitindo agora a visita ao castelo por cegos. “Futuramente teremos um trabalho na museologia, que irá tornar todo o castelo sensorial.”

O Politécnico de Leiria foi “um parceiro importante na definição do roteiro para cegos e na inscrição em braille das peças”, acrescenta o autarca.

No sábado, será apresentada a exposição permanente D. Afonso, IV Conde de Ourém, Vulto Ilustre da História de Porto de Mós, a cargo das fundações D. Manuel II e Histórico Cultural Oureana, e a exposição temporária Armamento da Batalha Real de Aljubarrota.

Disponível está também uma exposição fotográfica que retrata o castelo entre os anos 30 e 60 do século XX e a mostra de achados arqueológicos, que foram retirados do castelo.

EVENTOS