Sociedade

Casas Primeiro quer tirar sem-abrigo das ruas de Leiria

25 out 2019 18:00

Projecto junta Câmara, Junta de Freguesia e associação InPulsar.

casas-primeiro-quer-tirar-sem-abrigo-das-ruas-de-leiria
Numa fase inicial, o programa vai abranger quatro sem-abrigo
Ricardo Graça
Maria Anabela Silva

O modelo não é novo, mas chega agora a Leiria, com o objectivo de apoiar pessoas sem-abrigo no processo de procura, obtenção e manutenção de uma habitação “estável e integrada na comunidade”. Chama-se Casas Primeiro e resulta de uma parceria entre a Câmara de Leiria, a Junta de Freguesia, que financiam o programa (o Município custeia três casas e a Junta uma) e a InPulsar - Associação de Desenvolvimento Comunitário, que irá operacionar o projecto. Numa primeira fase serão abrangidas quatro pessoas que vivem nas ruas ou em casas a abandonadas na cidade, mas há a perspectiva de vir a ser alargado.

De acordo com o levantamento mais recente feito pela InPulsar, estão identificadas 16 pessoas em situação de sem-abrigo na cidade, com uma média de idades “a rondar os 45-50 anos”. São, diz Miguel Xavier, presidente da associação, pessoas que apresentam problemas de “saúde mental”, uma característica “comum” a muitas delas, mas há também casos de alcoolismo ou de “consumo de substâncias pisco-activas”. Algumas vivem “há anos” nas ruas, “escondidas em casas sem janelas, telhado, água ou saneamento”.

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO