Sociedade

Câmara de Leiria “funciona só com a cabeça de uma pessoa”

6 out 2017 00:00

Vereador do PS sentiu falta de apoio de Castro

camara-de-leiria-funciona-so-com-a-cabeca-de-uma-pessoa-7270

O vereador do PS, Lino Pereira, que não vai continuar no executivo por decisão sua, explicou esta terça-feira as razões que o levaram a sair da equipa liderada pelo reeleito Raul Castro. Falta de apoio e de investimento na formação das pessoas e discordância com o líder foram algumas das justificações.

“Não consigo participar numa organização que funciona só com a cabeça de uma pessoa e onde as pessoas são para usar e deitar fora”, afirmou Lino Pereira, ao referir que houve uma certa “zona de desconforto com o senhor presidente” em algumas decisões.

“Temos de ser parceiros, mas não estou aqui para dizer sempre que sim. Ninguém compra o meu sim ou não. Há pessoas que interpretam isto como desobediência.”

Lino Pereira sentiu falta de apoio quando foi discutido o Plano Estratégico de Mobilidade de Transportes de Leiria, que levou mesmo ao seu afastamento deste processo. “Este é um plano que terá de ser implementado e foi morto logo à nascença, porque o presidente não percebeu que primeiro iríamos apresentar o plano para, depois, recolher sugestões de melhoramentos.

 

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO