Covid-19

Barros & Moreira: lucro da venda de máscaras para bombeiros e Centro Rainha D. Leonor

28 abr 2020 21:55

Empresa vai ainda oferecer dez mil máscaras à Câmara de Óbidos

barros-and-moreira-lucro-da-venda-de-mascaras-para-bombeiros-e-centro-rainha-d-leonor
Cada uma custou 37 cêntimos e será vendida a 80. Lucro reverte para instituições
Ricardo Graça

A Barros & Moreira, através da sua marca CTESI, “100% portuguesa, ciente da inflação que os preços de alguns equipamentos de protecção individual têm tido nos últimos tempos”, resolveu avançar para uma campanha de venda de máscaras “a um preço justo e sem lucro para a própria companhia”.

A empresa comprou 100 mil máscaras na China – cada uma custou 37 cêntimos e será vendida a 80 cêntimos - sendo que o lucro reverterá para os Bombeiros Voluntários de Óbidos e para o Centro de Educação Especial Rainha D. Leonor, revela a empresa em nota à imprensa.

Os primeiros receberão uma viatura com plataforma elevatória, no valor de 15 mil euros, e a segunda quatro cadeiras de rodas eléctricas, no valor de dez mil euros, explica Carlos Barros, CEO da Barros & Moreira, em nota à imprensa.

“Como o mercado está a ter um aproveitamento desta situação da Covid-19, há cerca de três semanas iniciei contactos na China, para saber os preços praticados e, de facto, na venda ao consumidor final há uma grande diferença”, adianta.

“Para tentar colmatar esta situação, e numa lógica do compromisso social da empresa, avançou-se para esta operação sem quaisquer fins lucrativos”. A empresa vai também oferecer dez mil máscaras ao Município.

“Há muita burocracia a tratar e há muitos contentores a vir diretamente da China e, por isso, pode haver aqui alguns atrasos, mas estamos a contar, no final deste mês de Abril, começar a vender as máscaras”, revela Carlos Barros.

#SEMFOMENAREGIÃO

Junte-se a uma grande causa

Ao assinar o Jornal de Leiria durante o mês de Maio, está a contribuir com 10€ para o combate à fome na nossa região.

Uma iniciativa com o apoio Makro

Saiba mais aqui.