Desporto

Assalto à Academia deixa União de Leiria sem local para jogar

12 nov 2015 00:00

"Dezenas de milhares de euros de prejuízo” e sem local para jogar

Fernando Encarnação mostra à GNR o ponto de entrada dos meliantes (Foto: António Gomes)

Clique no botão acima e veja a fotogaleria

“Sinto uma grande tristeza. É a constatação que não vale a pena pôr amor e paixão nas coisas, porque infelizmente, a todo o momento, vemos ruir o trabalho de vários anos.”

Fernando Encarnação, vice-presidente para o futebol de formação da União de Leiria, sentia-se “impotente” com o que viu ontem de manhã, quarta-feira, na Academia de Santa Eufémia.

Um assalto durante a madrugada levou torneiras e todos os artigos em cobre dos balneários, inaugurados em 2010.

A construção da Academia foi a resposta às necessidades dos escalões jovens do clube, que assim tiveram, finalmente, um local onde podiam treinar e jogar. Foi uma obra feita com “muito sacrifício” e que foi furtada pela quarta vez.
 

Leia mais na edição impressa ou faça registo e descarregue o PDF gratuitamente

EVENTOS