Viver

André Pereira: “Até ver, somos todos imortais”

1 mar 2018 00:00

Almanaque | Autor, escritor, argumentista e criança. Tudo misturado.

Foto: Ricardo Graça
Dino Meira
Dino Meira
Dino Meira
Eder
Eder
Eder
Mia Kahlifa
Mia Kahlifa
Mia Kahlifa
Jacinto Silva Duro

Em criança, quando fosse grande, gostaria de ser...

O Rui Costa, como é óbvio.

Se acontecesse um cataclismo e só pudesse salvar três músicas quais seriam?

Estrela da Tarde, do Carlos do Carmo, Master of Puppets, dos Metallica, e Negro Destino, do Dino Meira.

Está no baile da aldeia e dá-lhe uma vontade repentina de dançar. Quem é que convida para seu par?

Ninguém. É melhor não. A sério.

Que remédio é que usa para baixar a tensão?

Depende. Ora o Victan, ora o Tinder.

Vai ter um jantar romântico à luz das velas. Que ementa prepara?

Massa com atum.

Imagine que o banco se enganou a seu favor, o que fazia se acordasse milionário?

Para o banco se enganar a meu favor, eu já teria de ser milionário.

Que personagem de Hollywood gostaria de ter sido?

O Éder.

E para contracenar consigo?

A Mia Khalifa.

O génio da lamparina da Câmara Municipal de Leiria concede-lhe três desejos, quais escolheria?

1. O Messi a jogar no Marrazes; 2. O Marrazes a jogar naChampions; 3. O Leiria a jogar no Distrital. Para sempre.

A justiça foi injusta. O tribunal errou e vai ter de estar em prisão domiciliária durante um ano. Três objectos indispensáveis...

Um computador com o Football Manager, a Bíblia e a Mia Khalifa.

Se, por acaso, algum dia morrer, como gostaria de ser recordado?

Até ver, somos todos imortais. Se se confirmar que eu não sou, gostaria de ser recordado como um génio.

O sonho que comanda a vida é...

O Penta. Para o ano, é o Hexa.

I'll be back! De onde é que sai com esta frase mítica?

Da cama.

Vai para Tenerife assistir a uma demonstração de colchões, mas decide desviar o avião. Para onde?

Calma... Eu poderia participar na demonstração de colchões? Com quem? Posso escolher? Então não desvio avião nenhum. Até acelero.

Quer impressionar alguém, que história, baseada em factos verídicos, conta?

Já defendi um sportinguista (que é meu irmão) dos No Name Boys. Já fui expulso de um palco por 300 pessoase já fui a Marrocos por amor.

Passa pela quermesse da Christie’s e tira uma rifa, queobra de arte gostaria que lhe calhasse?

A voz da Amália está na Christie’s?

#SEMFOMENAREGIÃO

Junte-se a uma grande causa

Ao assinar o Jornal de Leiria durante o mês de Maio, está a contribuir com 10€ para o combate à fome na nossa região.

Uma iniciativa com o apoio Makro

Saiba mais aqui.