Sociedade

Alunos procuram aulas mais práticas e cursos ao seu gosto

19 mai 2018 00:00

Estudantes explicam os motivos que os leva a optar pelo ensino profissional

alunos-procuram-aulas-mais-praticas-e-cursos-ao-seu-gosto-8682
Maria Anabela Silva

A componente mais prática das aulas, a especificidade dos cursos e a decisão de entrar mais cedo na área que se quer seguir são algumas das razões que mais pesam na escolha dos alunos de ingressarem no ensino profissional, onde muitos já entram a pensar no ensino superior.

É esse o caso de Francisco Pinto e de Eduardo Santos, que estão a concluir o curso de mecatrónica automóvel na Escola Tecnológica, Artística e Profissional de Pombal e que, no próximo ano, seguirão para a Universidade de Coventry, em Inglaterra.

“Queria seguir a área automóvel. A opção era a área de ciências no ensino regular ou vir para o profissional e dedicar-me logo àquilo que gostava mais”, justifica Francisco Pinto, de 18 anos.

Também Eduardo Santos escolheu a via profissional para poder seguir “mais cedo a área que queria”, acrescentando uma outra razão: a componente prática do curso.

Para o jovem, a oportunidade de “trabalhar mesmo” nas matérias ligadas à área automóvel, torna a formação “muito mais estimulante”.

A terminar o curso de técnico de produção agrícola na Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Cister, em Alcobaça, João Pereira, de 19 anos, escolheu este tipo de ensino também à procura de aulas “mais práticas”.

Numa primeira fase, ingressou em multimédia, mas percebeu que não era aquilo que queri

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO