Entrevista

Purificação Reis | "Decisão de deixar cair a taxa turística é sensata e oportuna"

8 nov 2019 08:55

A presidente da Aciso vai continuar o trabalho das anteriores direcções, por entender que “só com persistência e continuidade” se pode tirar partido da estratégia seguida

Raquel de Sousa Silva

A Câmara de Ourém acaba de anunciar que já não vai cobrar taxa turística à hotelaria de Fátima. Como vê esta decisão?

Foi com satisfação que a Aciso recebeu a notícia. Consideramos que a decisão de deixar cair a taxa turística é uma decisão sensata e oportuna. Consideramos que o mercado turístico em Fátima é muito sazonal e, em consequência, tem uma excessiva oferta hoteleira durante toda a época baixa, o que leva a que se pratiquem preços baixos e a que se tenham baixas taxas de rentabilidade. Naturalmente que, assim sendo, tudo o que onere o preço final é significativo. De salientar que estamos a falar de um concelho que, segundo os dados do RNT, tem 9329 camas, 78% das quais são em hotéis e as restantes em Alojamento Local.

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO