Sociedade

Verba atribuída pelo Estado condiciona actividade do IPLeiria

30 ago 2018 00:00

Dotação aumentou mas fica aquém das necessidades

verba-atribuida-pelo-estado-condiciona-actividade-do-ipleiria-9159

Foi anunciado esta sexta-feira que o plafond para 2019 para as instituições de ensino superior é insuficiente face ao aumento de despesas previsto para o próximo ano. Segundo o jornal Público, em falta estão as verbas destinadas aos aumentos dos salários dos trabalhadores precários que passam a ter vínculo com o Estado.

No entanto, a verba para os politécnicos contempla um reforço de 9 milhões de euros face ao ano passado. Este ano, a dotação do Orçamento do Estado atribuída ao Politécnico de Leiria foi de 29.4 milhões de euros, “sendo que cerca de 1 milhão de euros ficam associados aos Serviços de Acção Social”, explica Rui Pedrosa, presidente do Instituto Politécnico de Leiria (IPLeiria), ao revelar que houve um reforço de cerca de um milhão de euros.

Mas, para fazer face às despesas decorrentes, exclusivamente das alterações legislativas, o IPLeiria “necessitaria de um valor transferido de 2.1 milhões de euros, ou seja, mais 1,1 milhões de euros”.

Rui Pedrosa destaca que o Politécnico de Leiria é a “nona maior instituição, e só cinco instituições de ensino superior têm um financiamento do Orçamento do Estado por estudante menor do que o Politécnico de Leiria”.

Considerando que a “verba atribuída é manifestamente insuficiente” Rui Pedrosa antevê que este orçamento vai “condicionar” a actividade do IPLeiria.  

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO