Sociedade

Teve coreto e lago com peixes. Agora Luís de Camões ganha cervejaria

17 ago 2017 00:00

Intervenção no jardim centenário estará concluída até ao fim do ano, na Marinha Grande

Foto: DR
Foto: DR
Foto: DR
Foto: DR
Daniela Franco Sousa

Desde que em 1913 as crianças da Marinha Grande ali plantaram as primeiras árvores, cedidas pelas Matas, o velhinho Jardim Luís de Camões já teve inúmeras vidas.

Ganhou um coreto, um lago com repuxo e peixes e tornou-se o local preferido da população nos finais dos anos XX do século passado.

Até à construção de novos parques na cidade, este local, próximo da igreja, era um dos pontos mais solicitados para a tradicional fotografia dos noivos. E há três anos, novos equipamentos passaram a fazer as delícias da criançada no jardim centenário.

Em breve, o Luís de Camões ganhará nova vida. No final do ano, uma cervejaria fará pulsar aquela zona verde no centro da cidade.

Alan Martinho é concessionário do café de apoio daquele jardim da autarquia há já 18 anos. O empresário constata que o espaço já precisava de obras de fundo há algum tempo e mostra-se entusiasmado com a nova dinâmica que a remodelação daquele espaço trará ao Luís de Camões.

As obras arrancaram em Junho e deverão estar concluídas até ao final do ano, culminando com a abertura de uma cervejaria. Esta terá uma apresentação simples e simples prometem ser também os petiscos apresentados aos clientes da casa, salienta Alan Martinho.

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO