Sociedade

Natural de Ourém está a conquistar mercado de biquínis no Brasil

23 set 2017 00:00

Teresa Mangas lançou a marca Água de Canela

natural-de-ourem-esta-a-conquistar-mercado-de-biquinis-no-brasil-7172

Teresa Mangas, natural de Ourém, rumou ao Brasil há quatro anos. Uma oportunidade de emprego fez com que a família trocasse Leiria, onde vivia, por Salvador da Bahia. As perspectivas de emprego na região não eram as melhores, admite, a empresária de 44 anos.

Licenciada em Gestão de Empresas, com mestrado em Contabilidade e Finanças, em Portugal Teresa Mangas trabalhava na área financeira, mas há dois anos lançou a marca Água de Canela. “A formação na área financeira e de gestão é sempre útil em qualquer ramo de actividade”.

A Água de Canela desenvolve e produz, essencialmente, vestuário de praia, biquínis e fatos de banho. Comercializa também outros artigos relacionados com praia, como cangas e bolsas. “Em conjunto, desenvolvemos os modelos e, através de uma rede de fornecedores que tenho em Salvador da Bahia, procuro e negoceio os tecidos e depois terceirizo a produção.”

A ideia do projecto surgiu logo no primeiro ano em que Teresa Mangas se mudou para o Brasil, inicialmente em parceria com a cunhada e com a enteada, também de Leiria. “Começámos logo a conversar sobre os biquínis brasileiros e sobre a possibilidade de produzir aqui os modelos e mandar para Portugal. Elas fariam aí a divulgação e venda. Nessa altura, decidimos o nome e no Verão de 2015 já fizemos algumas demonstrações das peças em Lisboa e Leiria”, revela ao JORNAL DE LEIRIA.

Em 2016, a marca Água de Canela lançou uma colecção no Verão, que foi publicitada, sobretudo em Lisboa, com demonstrações das peças. “Vendemos também através do instagram e facebook e participámos em vários eventos e feiras. Em Lisboa, fizemos ainda parceria com uma loja de roupa onde colocámos também uma parte da colecção.”

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO