Sociedade

Jovem de Leiria assassinada em Moçambique por roubo de 400 euros

4 jan 2018 00:00

Inês Botas tinha 28 anos e era natural de Cortes, Leiria. Foi raptada na passada quinta-feira por três homens e morta depois de ter facultado o código dos cartões multibanco.

jovem-de-leiria-assassinada-em-mocambique-por-roubo-de-400-euros-7901

Uma jovem de 28 anos foi raptada e assassinada na cidade da Beira, em Moçambique, ao que tudo indica, na quinta-feira, dia 28 de Dezembro. Natural de Cortes, no concelho de Leiria, Inês Rodrigues Botas era directora financeira da empresa Ferpinta.

O corpo da jovem deverá chegar hoje a Portugal, esperando-se que ao final do dia esteja nas Cortes. O funeral realiza-se amanhã, sexta-feira, pelas 11 horas. A causa da morte estará relacionada com o roubo de cerca de 416 euros e do telemóvel, por parte de três homens, com idades compreendidas entre os 21 e os 24 anos, já detidos pelas autoridades moçambicanas.

Segundo o JORNAL DE LEIRIA apurou, no dia 29 de Dezembro, um colega da empresa Ferpinta denunciou à polícia que Inês Botas teria sido raptada, dado que desde a noite anterior a mesma se encontrava com os telemóveis desligados, não tinha regressado a casa e a viatura em que se fazia transportar teria sido localizada estacionada em frente a um hotel da zona. As diligências da polícia levaram de imediato à detenção de três cidadãos, que terão explicado o móbil do crime.

De acordo com as declarações dos suspeitos, o rapto terá sido engendrado por um personal trainer do clube, onde a jovem treinava, que abordou os outros dois suspeitos com o objectivo de roubarem dinheiro a “uma portuguesa”.

Na quinta-feira, Inês Botas terá feito o seu treino e quando se preparava para sair, um funcionário do clube pediu-lhe boleia e convidou os outros dois suspeitos. Na viatura seguia também o treinador pessoal de Inês, que saiu da viatura antes dos outros e que nada terá a ver com o crime. Perto da Igreja Maria de Fátima, os homens anunciaram o assalto, exigiram-lhe o código dos cartões bancários e assumiram a condução da viatura.

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO