Sociedade

Figueiró reclama discriminação positiva contra o despovoamento

1 jul 2016 00:00

Presidente Jorge Abreu apela a Vieira da Silva.

figueiro-reclama-discriminacao-positiva-contra-o-despovoamento-4535
Daniela Franco Sousa

Apesar do esforço que a autarquia, as associações e as empresas têm levado a cabo no sentido de proporcionar melhores respostas à população, o interior do País continua a perder residentes. “É preciso que a Administração Central implemente uma política diferente para municípios como o nosso, medidas de discriminação positiva, para evitar desequilíbrios no território”, advogou Jorge Abreu, presidente da Câmara de Figueiró dos Vinhos, durante as celebrações do Dia do Município que, na passada sexta-feira, contaram com a presença do ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.

“É urgente esbater a assimetria territorial. A coesão territorial deve ser o desígnio do País”, recomendou Jorge Abreu a José Vieira da Silva. E isso deve passar pela reabilitação urbana, pelo turismo cultural e de natureza, e educação, exemplificou o autarca de Figueiró dos Vinhos. “A inauguração de ontem, do Espaço do Cidadão, constituiu um importante reforço serviço público neste concelho”, valorizou o presidente da autarquia.

Entre as medidas projectadas pelo município, como forma de promover Figueiró dos Vinhos, Jorge Abreu realçou a sua aposta na resposta social, bem como na promoção do turismo.

Leia mais na edição impressa ou torne-se assinante para aceder à versão digital integral deste artigo.

#SEMFOMENAREGIÃO

Junte-se a uma grande causa

Ao assinar o Jornal de Leiria durante o mês de Maio, está a contribuir com 10€ para o combate à fome na nossa região.

Uma iniciativa com o apoio Makro

Saiba mais aqui.