Sociedade

Em Mira de Aire, a carolice está a erguer o ginásio da escola

23 nov 2018 00:00

Escola Secundária espera há 34 anos por pavilhão. Cansada de esperar, comunidade escolar pôs mãos à obra e o resultado já está à vista.

em-mira-de-aire-a-carolice-esta-a-erguer-o-ginasio-da-escola-9500
Maria Anabela Silva

“(…) Sempre que o homem sonha o mundo pula e avança como bola colorida entre as mãos de uma criança”. João José Almeida, professor e coordenador da Secundária de Mira de Aire, no concelho de Porto de Mós, socorre- se da poesia de António Gedeão, para descrever o historial do ginásio desta escola, que, após 34 anos de espera, começa a ver a luz do dia.

Cansada de promessas adidas, a comunidade escolar, com do apoio da população e de entidades locais, pôs mãos à obra. Os trabalhos começaram no último ano lectivo e têm envolvido funcionários, professores e “amigos” da escola.

O objectivo, explica João José Almeida, é dar aos alunos um espaço “condigno” para a prática da actividade desportiva, sobretudo durante o Inverno. “Até 2014, usávamos o pavilhão da vila. O transporte era assegurado por uma carrinha da União Recreativa Mirense que, por limite de idade, ficou impedida de o fazer. Os alunos passaram a utilizar unicamente os espaços da escola, independentemente das condições atmosféricas.”

Com o apoio da Câmara, que “suportou os custos dos materiais necessários”, da Junta de Freguesia, que “cedeu a escavadora que presta serviço no cemitério da vila”, e da Direcção do Agrupamento, que custeou a mão-de-obra especializada contratada, executaram-se as fundações.

 

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO