Sociedade

DIAP arquiva 367 inquéritos de violência doméstica em seis meses

18 jul 2019 00:00

Entre Janeiro e Junho foram abertos 528 processos.

diap-arquiva-367-inqueritos-de-violencia-domestica-em-seis-meses-10482

O Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Leiria instaurou 528 inquéritos por denúncias de crimes de violência doméstica, entre 1 de Janeiro e 30 de Junho de 2019. Neste período 367 inquéritos foram arquivados e foram deduzidas 137 acusações.

De acordo com os dados divulgados na página da Procuradoria da República da Comarca de Leiria, no primeiro semestre deste ano, foram ainda efectuadas 36 detenções, das quais 16 em flagrante delito.

Relativamente às medidas de coacção, o juiz de instrução decretou 17 prisões preventivas, seis obrigações de permanência na habitação, 18 proibições de contactar com a vítima e 15 proibições de permanecer na residência onde habita com a vítima.

Em 42 casos foi aplicada a teleassistência. De acordo com a informação do DIAP, aos 528 novos inquéritos transitaram do período anterior 490, num total de 1018 processos. Estão pendentes 467 inquéritos, dos quais 159 há mais de oito meses. 

A violência doméstica tem sido um dos crimes mais divulgados pelas forças policiais. Esta semana, a GNR anunciou a detenção de um homem de 51 anos, no âmbito de uma denúncia de violência doméstica, em que o suspeito esfaqueou na zona abdominal e cabeça a sua ex-companheira de 46 anos.

Após agredir a vítima e ameaçar os seus familiares, abandonou o local, mas os militares viriam a abordar o suspeito nas traseiras da estação de serviço da A8.

O detido ficou em prisão preventiva.

Esta foi a mesma medida de coacção aplicada a um homem de 38 anos, suspeito de violência doméstica agravada, por ter agredido física e psicologicamente, de forma reiterada a sua mãe, em Porto de Mós.

O número
723

foi o número de participações, registadas pelas forças policiais no distrito de Leiria pelo crime de violência doméstica no ano de 2018, segundo o Relatório Anual de Segurança Interna, o que representa uma diminuição de 3,9% em relação ao ano anterior
EVENTOS