Economia

Da cerveja ao carvão vegetal, há gelados artesanais para todos os gostos

3 ago 2017 00:00

Alfarroba, cerveja, vinho, carvão vegetal activado… Estes são alguns dos produtos que estão na base dos gelados artesanais produzidos por empresas da região, que têm apostado numa oferta diferenciada e inovadora para agradar aos paladares mais exigentes.

da-cerveja-ao-carvao-vegetal-ha-gelados-artesanais-para-todos-os-gostos-6918
Raquel de Sousa Silva

Arrancou em Leiria em Fevereiro de 2014, deverá chegar ao final deste ano com 15 lojas. Falamos da My!ced, marca de gelado de iogurte que se tem expandido pelo País em regime de franchising.

Hoje abre mais um espaço, em Bragança, devendo seguir-se Campo de Ourique (Lisboa) e Braga, revela João Gouveia, sócio-fundador da Mais Iogurte, a empresa que desenvolveu o conceito do negócio, que se foca na comercialização de gelado de iogurte (em regime de self-service), mas também de bubble tea e waffles. Tudo confeccionado no local.

Em Abril deste ano, aquando da abertura da loja de Paços de Ferreira, a empresa estimava chegar ao fim de 2017 com uma facturação de 1,3 milhões de euros (total da rede). Agora, João Gouveia admite que esse número possa ser ultrapassado. Para isso contribuirá o sucesso da última novidade da marca.

“As vendas cresceram imenso depois do lançamento do gelado de carvão vegetal activado. Trata-se de um produto 100% vegan, que é praticamente preto, e as pessoas têm curiosidade em experimentar”, diz João Gouveia.

Por acréscimo, muitas pessoas acabam por experimentar igualmente outros gelados. Cerveja artesanal, algodão doce e pastel de nata são outros dos sabores “menos comuns” que integram o leque da marca. Mas o sabor mais vendido é mesmo o de iogurte natural, revela o jovem.

E se os portugueses já não dispensam o gelado ao longo de todo o ano, continua a ser no Verão que mais se consome. Na My!ced as vendas crescem 30% na época de calor. Mais do que algo excepcional, o gelado é já encarado por muitas pessoas como uma alternativa para uma refeição mais ligeira. “Temos clientes que ao fim do dia optam por substituir uma refeição mais tradicional por uma de gelado de iogurte com granola, cereais ou fruta”, aponta o jovem.

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO