Sociedade

Bispo pede que “não se aproveite o Centenário para explorar os peregrinos”

9 fev 2017 00:00

Apelo deixado por D. António Marto durante o encontro anual de hoteleiros. “Que não se aproveite o Centenário [das Aparições] para se explorar os peregrinos”.

bispo-pede-que-nao-se-aproveite-o-centenario-para-explorar-os-peregrinos-5899
Maria Anabela Silva

Foi este apelo deixado esta tarde em Fátima, pelo bispo de Leiria-Fátima.

D. António Marto falava no encerramento do encontro anual de hoteleiros e casas de acolhimento de peregrinos, que decorreu hoje na Cova da Iria.

Em declarações aos jornalista, o bispo justificou o seu apelo com as notícias que têm vindo a público dando conta de práticas que, “porventura”, são “uma exploração de preços” e que “dão má imagem” a Fátima.

O prelado fez, no entanto, justiça aqueles que “conservaram a honestidade” e não “fizeram a inflação de preços”.

Na intervenção que fez durante o encontro de hoteleiros, D. António Marto defendeu ainda que “o Estado não faz nenhum favor se olhar para Fátima com olhar de discriminação positiva”, sublinhado que Fátima “é publicidade gratuita que o País tem”, funcionando como uma “montra” de Portugal para o mundo.

Leia mais na edição impressa ou torne-se assinante para aceder à versão digital integral deste artigo.

EVENTOS