Sociedade

Arguido exalta-se em tribunal e é obrigado a sair

19 mar 2018 00:00

Homem está acusado de tentar matar a ex-namorada com várias facadas.

arguido-exalta-se-em-tribunal-e-e-obrigado-a-sair-8359

Um arguido, acusado de homicídio agravado na forma tentada e ameaças agravadas, exaltou-se hoje no decorrer da primeira sessão de julgamento no Tribunal de Leiria, obrigando à sua retirada da sala pelos guardas prisionais. 

O homem de 41 anos, suspeito de ter tentado matar a ex-namorada na Nazaré, em Julho de 2017, já tinha prestado declarações ao colectivo do Tribunal de Leiria. Decorriam as declarações de uma testemunha, quando o arguido teve uma reacção inesperada e descontrolada.

O homem foi de imediato retirado da sala de audiências, mas as ameaças e injúrias à testemunha e à vítima, que antes tinha também prestado declarações, foram audíveis pelos corredores. 

O arguido foi levado para o estabelecimento prisional por questões de segurança, uma vez que se encontrava "descompensado", segundo explicou o guarda prisional ao juiz presidente.

Antes, o arguido tinha contado ao tribunal que não aceitou o fim da relação com a vítima e que por diversas vezes tentou falar com ela, mas que esta declinou sempre.

Nesse sentido, dirigiu-se ao centro de formação no Porto de Abrigo da Nazaré, onde esta estudava e admitiu que a esfaqueou.

O Ministério Público de Leiria pediu uma condenação nunca inferior a sete anos e seis meses de prisão, lembrando que o arguido terá esfaqueada a vitima por "cinco vezes" .

 

#SEMFOMENAREGIÃO

Junte-se a uma grande causa

Ao assinar o Jornal de Leiria durante o mês de Maio, está a contribuir com 10€ para o combate à fome na nossa região.

Uma iniciativa com o apoio Makro

Saiba mais aqui.