Festa dos Museus é “balão de ensaio” para a Capital Europeia da Cultura

Cultura

15 Março 2018

Festa dos Museus é “balão de ensaio” para a Capital Europeia da Cultura

Leiria | Artes 'invadem' espaços museológicos.

A Festa dos Museus vai voltar aos espaços museológicos de Leiria que, de 16 a 22 de Abril, serão 'tomados de assalto' pelas várias expressões artísticas, desde a música, passando pelo cinema, pela dança e pelo teatro até às artes circenses, com um programa que se completa com visitas guiadas, oficinas criativas, roteiros e jogos tradicionais.

Será a terceira edição do evento que, no próximo ano, se quer estender a outros concelhos vizinhos, num “balão de ensaio” para a capacidade da região organizar a Capital Europeia da Cultura de 2027, como explicou o vereador da Cultura da Câmara de Leiria, Gonçalo Lopes, durante a apresentação da Festa dos Museus 2018.

Segundo o autarca, a edição deste ano reflecte já a ambição de o evento extravasar as fronteiras do município, com a inclusão no programa de artistas de “base regional”, como a dupla Beatbombers e Omiri, de Caldas da Rainha, e outros projectos com ligações a Óbidos e a Coimbra.

O passo seguinte poderá ser dado já em 2019, alargando a iniciativa a “outros patrimónios da região”, de modo a “criar uma rede com coesão capaz de receber eventos de grande dimensão europeia no futuro", revelou Gonçalo Lopes.

“Esse vai ser o grande desafio dos próximos anos”, referiu o vereador, assumindo que gostaria “muito” que a Festa dos Museus pudesse chegar também aos Mosteiros da Batalha e de Alcobaça ou ao Convento de Cristo, em Tomar, patrimónios mundiais da UNESCO.

 [LER_MAIS] Por outro lado, sublinhou, Leiria quer também "receber coisas boas que se fazem na região, como o Folio [Festival Literário Internacional de Óbidos] e outros".

Sobre a edição deste ano, a programação da Festa dos Museus destaca-se pela diversidade de propostas apresentadas que, durante uma semana, irão dinamizar sete espaços culturais do concelho: Castelo, Museu de Leiria, Centro de Diálogo Intercultural (Igreja da Misericórdia), m|i|mo – museu de imagem em movimento, Moinho do Papel, Agromuseu Municipal D. Julinha e Centro de Interpretação do Abrigo do Lagar Velho (Lapedo), que, nesses dias, terão entradas gratuitas.

Entre as novidades da programação deste ano está a inclusão das artes circenses, pela companhia Nuvem Voadora, e do ilusionismo.

O vereador da Cultura destaca ainda o reforço da componente musical. Para tal, o município convidou Hugo Ferreira, fundador e editor da Omnichord Records, e Gui Garrido, programador cultural, para colaborarem na elaboração do cartaz.

O resultado é uma programação que vai “do clássico à electrónica”, passando pelo rock'n'roll e pelo fado de Coimbra, abrangendo “músicas que possam ser ouvidas por todas as pessoas” e com projectos que vivam um pouco a realidade museológica de Leiria, cruzando a tradição e a contemporaneidade”, explica Hugo Ferreira.

O cartaz irá também atravessar o atlântico, com a actuação de da Baq, “um dos nomes mais interessantes da nova música brasileira” que irá colaborar com a Omnichord e com alguns dos artistas representados pela produtora de Leiria, como Surma e First Breath After Coma.

De Espanha virá Eduardo Paniagua e El Arabi Ensemble. Com um novo disco pronto a sair – será lançado a 13 de Abril e apresentado em Leiria quatro dias depois -, o leiriense Sean Riley é outro dos artistas presentes, num cartaz onde figura também B Fachada, Omir e Beatbomber.

O rock'n' roll estará representado por Killimanjaro, Dirty Coal Train, Victor Torpedo e Karaoke, que actuarão no dia 20 no Moinho do Papel. “Será uma noite assumidamente de rock'n' roll”, diz Gui Garrido que, em jeito de antecipação, apela “à compreensão por algum barulho”.

Despedida ao Castelo

A presente edição da Festa dos Museus assinalará também “uma despedida” ao Castelo, que entrará depois em trabalhos de requalificação. Estes será “o último evento no castelo antes do início das obras. Queremos despedir-nos dele com festa. Pelo que, optámos por concentrar lá um conjunto de acções de modo a que fique na memória das pessoas a imagem do castelo antes das obras”, referiu o vereador da Cultura.

O projecto de intervenção prevê, por exemplo, obras ao nível dos acessos interiores, a criação de um anfiteatro, a requalificação da casa do guarda, com a instalação de cafetaria, e a cobertura da Igreja da Pena.

 

Alguma da programação

16 DE ABRIL

Música: Joana Gama - CDIL (Centro de Diálogo Intercultural de Leiria - Igreja da Misericórdia), 21:30 horas

17 DE ABRIL

Música: Sean Riley - CDIL, 21:30 horas

18 DE ABRIL

Teatro: Os dedos de Nós, pelo Te-Ato - Castelo,10 e 11 horas

Serviço educativo: Teatrinho de sombras - m|i|mo,15 horas

Música: Eduardo Paniagua e El Arabi Ensemble (poemas de Alhambra e cânticos místico) - CDIL, 21:30 horas

19 DE ABRIL

Teatro: Teatro com o Gato - Castelo, 10 horas

Serviço educativo: A dobrar eu vou criar - Moinho do Papel, 11 e 15:30 horas

Música: José Valente (concerto de viola de arco) - Moinho do Papel, 21:30 horas

20 DE ABRIL

Peddy paper: Do Museu de Leiria à cerca do Convento de Santo Agostinho - Moinho do Papel, 10 horas

Serviço educativo: Ligth painting com Toni Palmeira e cinema de animação com Paulo Simões - m|i|mo,11 horas

Música: Killimanjaro, Dirty Coal Train, Víctor Torpedo e Karaoke – Moinho do Papel, 21:30 horas

21 DE ABRIL

Serviço educativo: Aprender a criar uma banda desenhada com António Miguel Alves - Museu de Leiria, 10 horas

Serviço educativo: Oficina de ginástica mental: Nuno Álvares Pereira Monge Guerreiro - Castelo, 11 e 17 horas

Visita guiada: Visita improvável ao Castelo, com Luís Mourão e o Gato - Castelo, 15 horas
Palhaços: Nuvem Voadora - Museu de Leiria, 15 horas e 16:30 horas

Música: La Baq- m|i|mo, 16 horas Roteiro Rebeldes com Zé Oliveira - Museu de Leiria, 17 horas

Música: Smile Orchestra, Castelo, 17 horas

Música: Fado com alma - Moinho do Papel, 21:30 horas

Música: Omiri e Beatbomders - Moinho do Papel, 22:30 horas

22 DE ABRIL

Roteiro do Centro de Interpretação do Abrigo do Lagar Velho, no Lapedo, 9:30 horas

Serviço Educativo: Cinema de animação com Paulo Simões - m|i|mo, 10:30 horas

Cinema: A monstrinha Baby Filme, m|i|mo, 11 horas

Serviço Educativo: Os segredos de Rodrigues Lobo - CDIL, 11 horas

Ilusionismo pela Associação Portuguesa de Ilusionismo - Moinho do Papel, 15 horas

Música: Farratuga, Museu de Leiria, 15 e 17 horas

Dança: Visita dançada pela Escola de Dança Clara Leão - m|i|mo, 15 horas

Música: B Fachada, Museu de Leiria, 15:30 horas

Música: Coral Polifónico do Oeste - Castelo, 17 horas

Música: Serenata António Ataíde – Fado de Coimbra -m|i|mo, 18 horas
Maria Anabela Silva
Redacção Maria Anabela Silva anabela.silva@jornaldeleiria.pt
© Jorlis - Todos os direitos reservados