Campeonato de Portugal com novo formato e mais jogos

Desporto

19 Agosto 2017

Campeonato de Portugal com novo formato e mais jogos

União de Leiria e Fátima são claros candidatos à subida de divisão.

É já no próximo domingo que a bola volta a rolar nos relvados com o início do Campeonato Nacional de Portugal, que terá quatro representantes da região. Atlético Clube Marinhense e União de Leiria vão disputar a série C, enquanto o Caldas Sport Clube e o Centro Desportivo de Fátima ficaram colocados na série D.

Os objectivos são diferentes, sendo que o Fátima e a União de Leiria assumem-se como candidatos à 2.ª Liga. João Bastos estreia-se como técnico principal à frente do Fátima e assume que a sua equipa tem condições para garantir a subida de escalão. Quase 50% do grupo caras novas, mas o trabalho desenvolvido na pré-época permitiu “que os jogadores se conhecessem e assimilassem os principais modelos de jogo”.

“Estou satisfeito com os progressos e com a aprendizagem que foi feita pelos jogadores, que me deixam confiante para alcançar o nosso objectivo”, salienta João Bastos. Rui Amorim, treinador da União de Leiria, numa recente entrevista ao JORNAL DE LEIRIA assumiu o objectivo de subida.

“Qualquer treinador que oriente a União de Leiria sabe que tem de ambicionar a subida de divisão. A história deste clube assim o exige. É importante que vença quem for mais forte dentro das quatro linhas. O resto é muito trabalho, sacrifício e organização”.

A competição sofreu alterações e este ano há uma fase transitória para chegar àquilo que a Federação Portuguesa de Futebol pretende que seja o Campeonato Nacional de Portugal. Em competição mantêm-se os 80 clubes, mas estarão divididos por cinco séries com 16 equipas cada.

 [LER_MAIS] Em vez dos 18 jogos, serão agora disputadas 30 partidas. Se no ano passado os dois primeiros de cada série apuravam-se directamente para a fase de subida, este ano será seleccionado o clube que liderar a tabela classificativa de cada série, a que se juntam os três melhores segundos classificados.

Os oito clubes apurados vão depois disputar um play off de quatro jogos a duas mãos. Os quatro clubes vencedores disputam nova eliminatória a duas mãos para serem encontrados os dois finalistas da prova, que sobem à 2ª Liga.

Estes dois clubes vão ainda defrontar-se numa final para ser apurado o campeão do Campeonato de Portugal. Os seis piores classificados de cada uma das cinco séries descem aos distritais.

O objectivo é ter 72 clubes na temporada 2018/19, a disputarem quatro séries, com 18 clubes cada. Daqui a um ano os dois primeiros classificados apuram-se para um play off a eliminar e duas mãos.

Nas épocas desportivas de 2017/18 e 2018/19 os clubes que não tenham médico, enfermeiro ou fisioterapeuta devem ter obrigatoriamente no banco de suplentes uma pessoa que possua o curso de suporte básico de vida.

Nas épocas desportivas de 2019/20 e 2020/21 os clubes que não tenham médico devem ter obrigatoriamente no banco de suplentes um enfermeiro ou um fisioterapeuta.

 

Jogos às 17 horas
1.ª JORNADA

Série C
Anadia – Marinhense
Sourense - U. Leiria

Série D
Mafra-Fátima
Caldas-Coruchense

2.ª JORNADA
Série C
Marinhense-Águeda
Nogueirense-U. Leiria

Série D
Fátima-Lusitânia dos Açores
Sintrense-Caldas
Elisabete Cruz
Redacção Elisabete Cruz elisabete.cruz@jornaldeleiria.pt
© Jorlis - Todos os direitos reservados