Manifestação contra descargas poluentes no Rio Lis

Sociedade

21 Junho 2016

Manifestação contra descargas poluentes no Rio Lis

Protesto está marcado para amanhã, às 19:30 horas, em frente ao Mercado de Sant' Ana, em Leiria, onde irá decorrer a Gala Porco d' Ouro.

A manifestação está a ser convocada pelas redes sociais e, segundo os promotores, pretende juntar “forças” em “defesa do ambiente, do rio Lis e da sua bacia hidrográfica, numa concentração de protesto contra as descaras ilegais e poluentes”.  

A iniciativa decorrerá no mesmo dia da 1.ª Gala Porco d'Ouro, que se realiza no Mercado de Sant'Ana. Inserido na comemoração do 35.º aniversário da Federação Portuguesa das Associações de Suinicultores (FPAS), o evento contará com a presença de cerca de 400 personalidades da fileira da carne de porco e, de acordo com a organização, pretende distinguir as explorações que se destacaram, por exemplo, pelas boas práticas ambientais e de bem-estar animal. 

“No dia em que a Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores festeja o seu 35º aniversário, com o patrocínio da Câmara Municipal de Leiria, promovendo a Gala Porco D'Ouro, juntamos forças com activistas e organizações, em defesa do ambiente, do Rio Lis e da sua bacia hidrográfica”, pode ler-se na página do facebook criada para a convocação da manifestação. “O nosso ouro são os recursos naturais e o ambiente”, acrescenta. 

A propósito deste assunto, o Bloco de Esquerda emitiu, hoje, um comunicado onde contesta o apoio de 2.550 euros dado pela Câmara de Leiria à Gala Porco de Ouro, acusando o município de patrocínio “em acções de marketing a empresas poluidoras”.  

No comunicado, intitulado “as águas do Lis não se tratam com Porcos D'Ouro”, o Bloco de Esquerda frisa que “ a suinicultura é a principal actividade responsável pela poluição do Rio Lis e de toda a sua bacia hidrográfica, um dos maiores problemas ambientais” do distrito. “Neste evento participarão alguns dos principais responsáveis pelas descargas ilegais de resíduos suinícolas em linhas de água”, acusam os bloquistas. 

Em declarações aos jornalistas no final da reunião de Câmara, o presidente da autarquia, Raul Castro, considerou a posição do BE “surpreendente e muito estranha”, afirmando que a suinicultura “é um sector que merece ser ajudado pela importância que tem”. Alegou  que se trata de uma actividade com “grande peso na economia do concelho e que é garantia de sobrevivência de muitas famílias”.

Maria Anabela Silva
Redacção Maria Anabela Silva anabela.silva@jornaldeleiria.pt
© Jorlis - Todos os direitos reservados